Primeiro bioma geo-climático do mundo está em construção na Islândia

O ALDIN Biodome Resort é uma estufa que abriga serviços de resort só que de forma sustentável, com zero emissão de carbono

Por Redação Atualizado em 2 set 2021, 09h11 - Publicado em 2 set 2021, 16h00
ALDIN Biodome Resort bioma islândia
Renderização do ALDIN Biodome Resort ao anoitecer, mostrado no Vale e Parque Elliðaárdalur em Reykjavik, Islândia. Wilkinson Eyre/CASACOR

O primeiro bioma geo-climático do mundo está em construção na Islândia. O ALDIN Biodome Resort, um tipo resort abrigado dentro de uma estufa que cultiva seus próprios alimentos, hospeda restaurantes e oferece aulas de ioga, proporcionando muita saúde e nutrição durante todo o ano – e o melhor, totalmente livre de emissões de carbono em suas operações.

ALDIN Biodome Resort bioma islândia
Fazendas hidropônicas e agrotécnicas agora cultivam produtos frescos a granel para supermercados, em condições climatizadas. Mastronadi/CASACOR

Com uma área interna de quase 5 mil metros quadrados e abrigando três zonas com diferentes climas e funções, o ALDIN estará localizado centralmente perto do vale Elliðaárdalur, a apenas 10 minutos de carro do centro da cidade.

Das três zonas, a menor delas, intitulada Farm Lab integrará o que há de mais moderno em agrotecnologia de cultivo vertical para cultivar uma seleção de ervas e plantas sem agrotóxicos que podem ser compradas em um mercado local ou degustadas no próprio restaurante e café.

ALDIN Biodome Resort bioma islândia
A renderização de um artista mostra o café interior e a fazenda urbana no planejado ALDIN Biodome em Reykjavik. Wilkinson Eyre/CASACOR

As outras duas áreas abrigarão ambientes tropicais e mediterrâneos, além das funções de resort, oferecendo várias experiências de saúde e estilo de vida, como “banho de floresta“; além de passeios, ioga e aulas de ginástica, eventos, casamentos, festivais e conferências de negócios. Essas duas áreas serão abastecidas por água termal e energia geotérmica.

“O ALDIN aumenta nossa capacidade de sentir e compreender a conexão entre a natureza e seus efeitos sobre nossa saúde, qualidade de vida e nossa intuição. O calor geotérmico nos permite criar um clima meridional onde uma infinidade de plantas exóticas, que em circunstâncias normais não poderiam crescer na Islândia, podem florescer”, descreve a equipe por trás do projeto.

O resort está programado para abrir suas portas em 2023.

Continua após a publicidade
Publicidade