Artboard Created with Sketch.

Comunidades Sustentáveis: vilas uruguaias são referência em educação

No país mais sustentável da América Latina, duas vilas comunitárias são destaque. Conheça-as:

O Uruguai é uma referência em sustentabilidade. Em 2017, o país foi considerado um dos locais que mais produz energia renovável: é o maior pais da América Latina que gera energia eólica e o quarto em todo o mundo. Neste capítulo sobre Comunidades Sustentáveis, contamos a história de duas vilas no país, que apostam em educação para permear ainda mais a uma vida eco-friendly.

La 23, Uruguai

 (Divulgação/CASACOR)

A comunidade ecológica fica situada nas serras de Rocha. O terreno não é totalmente coletivo, uma vez que cada família é dona de sua própria parcela, mas hortas orgânicas, viveiros e áreas de lazer são compartilhadas.

Permacultura: Promovem o método holístico de planejar, atualizar e manter sistemas de escala humana;
Água: Reaproveitamento de águas de chuvas, estratégias de irrigação, métodos de captura e armazenamento e reutilização de águas cinzas;
Agricultura Orgânica: técnica de cultivo de alimentos que mantém estruturas originais do solo sem alterar suas propriedades, utilizar produtos químicos ou sementes transgênicas;
Bioconstrução: uso de materiais naturais provenientes do local ou reciclados, design com melhor aproveitamento de espaços – para requerir o menor aproveitamento de recursos o possível -, Gomas de borracha, garrafas e latas são muito utilizados na construção;
Educação: atividades educativas, como seminários, workshops, eventos e programas de estudos são feitos para disseminar conhecimento holístico e sustentável.

La Tierrita e La Comarca, Uruguai

 (Divulgação/)

Duas comunidades irmãs estão localizadas perto de El Sauce. As comunidades se juntaram em 2007 – e atualmente, 65 pessoas a compõem. Entre as áreas comunitárias estão escola infantil, farmácia para a produção de medicamentos naturais e oficinas de sustentabilidade.

Energias renováveis: Energia solar, eólica, hidráulica e geotérmica são usadas na comunidade;
Educação: atividades educativas, como seminários, workshops, eventos e programas de estudos são feitos para disseminar conhecimento holístico e sustentável;
Agricultura Orgânica: técnica de cultivo de alimentos que mantém estruturas originais do solo sem alterar suas propriedades, utilizar produtos químicos ou sementes transgênicas;
Bioconstrução: uso de materiais naturais provenientes do local ou reciclados, design com melhor aproveitamento de espaços – para requerir o menor aproveitamento de recursos o possível –, Gomas de borracha, garrafas e latas são muito utilizados na construção.

CASACOR produz uma série de oito matérias, agrupadas por países, que apresentam esse modo de viver em harmonia com a natureza e os animais. Clicando aqui, você confere um mapa interativo dos países que apostam na sustentabilidade como estilo de vida e quais os preceitos que as comunidades devem seguir.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
Aceito receber ocasionalmente ofertas especiais e de outros produtos e serviços do Grupo Abril.
Política de Privacidade
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.