Casa de acolhimento abriga em quarentena mais de mil moradores de rua

Como os abrigados estão passando o dia todo na casa, a instituição está em necessidade de alimentos e produtos de higiene. Veja como doar!

Por Giovanna Jarandilha Atualizado em 7 abr 2020, 14h29 - Publicado em 3 abr 2020, 16h43
Divulgação/CASACOR

A casa de acolhimento Arsenal da Esperança está abrigando, desde terça-feira, 24 de março, 1.200 pessoas em situação de rua na cidade de São Paulo. Os acolhidos estão em quarentena dentro da instituição, onde recebem alimentação, acesso à instalações de higiene e dormitórios.

Localizada nas instalações da antiga Hospedaria de Imigrantes, na Mooca, a casa está em funcionamento há 24 anos e desde então já recebeu mais de 62 mil desabrigados. Além dos serviços básicos, a instituição também oferece acesso a cursos profissionalizantes, centro médico, quadras, salas de jogos, biblioteca, possibilidade  de alfabetização, acompanhamento de serviço social e grupos de apoio.

Divulgação/CASACOR

Nas últimas duas semanas, a maioria das instituições que apoiam o Arsenal da Esperança suspendeu suas atividades. Além disso, as despesas da casa aumentaram, visto que os acolhidos agora passam o dia todo no local, em vez de apenas nos períodos vespertino e noturno, como costumavam fazer desde então.

Assim, a casa está com necessidade de doações de produtos básicos para continuar fornecendo suporte aos acolhidos. Entre eles, itens de higiene como sabonetes, álcool em gel, máscaras e luvas descartáveis, papel higiênico e aparelho de barbear descartável; e todo tipo de alimentos não perecíveis. As doações podem ser feitas pessoalmente ou por depósito bancário, como explicitado na imagem.

Em suas redes sociais, a CASACOR está divulgando essas e outras iniciativas solidárias. Acompanhe e faça a sua parte, fique em casa.

Continua após a publicidade
Publicidade