Arq.Futuro e Insper debatem sobre a cidade e a água em seminário

O evento apresentará soluções e casos bem-sucedidos de recuperação hídrica urbana por meio de iniciativas sociais, educativas e arquitetônicas

Por Ana Carolina Harada Atualizado em 18 fev 2020, 07h43 - Publicado em 4 set 2018, 17h55
Reprodução/CASACOR

No dia 12 de setembro, o Arq. Futuro e o Insper realizam a edição 2018 do Seminário Internacional Arq.Futuro – A Cidade e a Água. No evento, serão apresentados ao público casos de sucesso na recuperação hídrica urbana e na inclusão social.

Projeto Mapocho 42K – Promenade Geográfica para a Equidade Reprodução/CASACOR

O primeiro deles, apresentado pelo professor de arquitetura e urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco, Roberto Montezuma, é o projeto do Parque Capibaribe, uma ampla área de lazer peatonal e com ciclovias na cidade de Recife. O segundo é o projeto Vida à Água, de São José dos Pinhais, município na região metropolitana de Curitiba. A iniciativa é conduzida pela professora Tamara van Kaick, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná e tem como objetivo conscientizar moradores sobre a poluição das nascentes e rios da região por meio de ações educativas em escolas municipais.

O terceiro caso será apresentado por Sandra Iturriaga, da Universidade de Santiago, no Chile. O projeto Mapocho 42K – Promenade Geográfica para a Equidade consiste em transformar 42 km de margens do Rio Mapocho em um grande circuito contínuo arborizado para caminhantes e ciclistas.

Projeto do Parque Capibaribe Reprodução/CASACOR

O seminário também realizará visitas a campo com os palestrantes no bairro Jardim Colombo, para avaliar a situação hídrica no complexo de Paraisópolis e também no bairro do Grajaú, um marco na recuperação de corpos de água urbanos associado ao desenvolvimento social.

Serviço Seminário Internacional Arq.Futuro – A Cidade e a Água

Quando?

Continua após a publicidade

12 de setembro, das 9h às 13h

Onde?

Insper

Quatá, 300 – Vila Olimpia, São Paulo, SP

Quanto?

Inscrições gratuitas clicando aqui. Vagas limitadas.

Mais informações no site

Continua após a publicidade
Publicidade