Tradicional relógio cuco é repaginado e assinado por Nendo

A cuckoo-collection apresenta três modelos de releitura do relógio cuco, de uma forma inusitada e divertida, sem deixar o minimalismo japonês de fora

Por Alex Alcantara - Atualizado em 18 fev 2020, 07h47 - Publicado em 28 jun 2018, 16h00
Akihiro Yoshida/CASACOR

Os relógios cuco são itens clássicos e tradicionais, mundialmente conhecidos, dos antigos lares. Eles surgiram na Alemanha, por volta do século XVII, em uma região chamada Floresta Negra. O artesão que o criou chamava-se Franz Anton Ketterer, e no ano de 1750, ele fez adaptações deixando com o formato de cuco, que hoje conhecemos.

A história, resumidamente, é que os artesãos, que os fabricavam, trabalhavam durante o frio na confecção, para, no verão, adquirirem uma renda extra com a venda pela Europa. Um dia, Ketterer, ao ouvir os pássaros nativos da Floresta Negra, pensou no som das aves como funcionalidade do relógio, e foi aí que o cuco surgiu.

Akihiro Yoshida/CASACOR

Dada a importância do artefato, de sua longevidade e riqueza histórica, o arquiteto Oki Sato, à frente do escritório Nendo, resolveu repaginar o relógio, trazendo seu estilo minimalista e clean para a concepção e releitura do objeto.

O grupo japonês, assina para a Lemnos – uma empresa nipônica, primordialmente, de peças de artesanato, que hoje, apresenta design sem perder a essência da manufatura – uma coleção de relógios cuco, a cuckoo-collection, com três padrões diferentes do modelo tradicional campanário:

Suporte de Livro

Akihiro Yoshida/CASACOR

Este modelo se resume a um relógio cuco que pode ser usado como um suportede mesa, dividido em duas partes, que serve para apoiar livros.

Inclinado

Akihiro Yoshida/CASACOR

Essa é a forma mais divertida e curiosa da repaginação proposta por Nendo. Os ângulos incomuns deste cuco indicam que o relógio deve ser colocado de cabeça para baixo. Os componentes internos mais pesados, ​​de forma assimétrica em um lado da base, permitem que a peça mantenha seu equilíbrio naturalmente e permaneça nesta posição inusitada.

Dente

Akihiro Yoshida/CASACOR

Com este nome engraçado, o terceiro modelo é esculpido em um bloco, onde o pássaro aparece pelo lado do relógio, e não pela frente, como se espera de um padrão tradicional.

Continua após a publicidade
Publicidade