Maior estufa do mundo será exibida na Bienal de Veneza 2021

O objetivo é que a estufa seja construída no norte da França e ofereça uma experiência imersiva e em contato com a natureza para os visitantes

Por Yeska Coelho Atualizado em 10 Maio 2021, 10h39 - Publicado em 13 Maio 2021, 15h00
maior estufa do mundo Tropicália será exibida pela primeira vez na Bienal de Veneza
Octav Tirziu Atelier/CASACOR

Chamada de Tropicália justamente por seu aspecto tropical, o projeto da maior estufa do mundo será exibida ao público pela primeira vez esse ano na Bienal de Arquitetura de Veneza, a partir do dia 22 de maio. O projeto é criação da Coldefy em parceria com a Zucca Projects.

O objetivo é construir a Tropicália em 2024, no norte da França, para imergir os visitantes em um ambiente tropical de 20 mil m², coberto por uma cúpula de 35 metros de altura. O espaço, apesar de refletir uma atmosfera mais calorosa, será ventilado para ficar no  máximo a 26ºC para acomodar de maneira salubre uma grande variedade de espécies de plantas, peixes, répteis, pássaros, borboletas, entre tantos outros.

projeto da maior estufa do mundo
Coldefy/CASACOR

A estufa não possui divisórias. Trata-se de um projeto de cúpula dupla concebido para ser integrado e com máximo isolamento térmico. A grande vantagem do projeto é que ele investe em energias limpas. O calor acumulado pelo efeito estufa será estocado e reciclado e depois exportado por meio de uma rede de calor para moradia vizinhas.

maior estufa do mundo é chamada de tropicália e será instalada na França em 2024
Octav Tirziu Atelier/CASACOR

Os visitantes que pretendem visitar o protótipo na Bienal de Veneza terão a visão da arquitetura e engenharia que envolveu todo o sistema para o tratamento de ar sustentável. Além disso, um estudo mais detalhado sobre a imersão da fauna e flora no ambiente devem ser esperados.

Fonte: Designboom

Continua após a publicidade
Publicidade