Artistas negros importam! Enciclopédia Negra é a nova expo da Pinacoteca

Personalidades ignoradas pela história são retratadas por 35 artistas negros na exposição Enciclopédia Negra que integra o lançamento do livro homônimo

Por Cristina Bava Atualizado em 5 Maio 2021, 17h11 - Publicado em 5 Maio 2021, 10h00
poster cartaz enciclopédia negra pinacoteca arte exposição
Divulgação/CASACOR

A exposição faz parte do projeto Enciclopédia Negra, organizado pelos pesquisadores Flávio Gomes e Lilia Schwarcz e pelo artista Jaime Lauriano. A primeira etapa foi a edição do livro lançado pela Companhia das Letras, em março de 2021, com 300 verbetes sobre personalidades negras que se destacaram ao longo de quase quatrocentos anos de história do Brasil.

poster cartaz enciclopédia negra pinacoteca arte exposição
Capa do Livro Enciclopédia Negra, organização Flávio Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Schwarcz. Divulgação/CASACOR

Para ilustrar o texto foram comissionados retratos a 35 artistas negros contemporâneos, como Antonio Obá, Arjan Martins, Ayrson Heráclito, Castiel Vitorino, Dalton Paula, Daniel Lima, Desali, Igi Ayedun, Juliana dos Santos, Moisés Patricio, Mônica Ventura, Nadia Taquary, Panmela Castro, Paulo Nazareth, Rebeca Carapiá, Renata Felinto, Rodrigo Bueno, Sônia Gomes e Tiago Sant’Ana, entre muitos outros nomes.

Se no livro a organização seguiu a ordem alfabética, a exposição foi dividida em 6 núcleos intitulados Rebeldes; Personagens Atlânticos; Protagonistas Negras; Artes e Ofícios; Projetos de Liberdade; e Religiosidades e Ancestralidades.

poster cartaz enciclopédia negra pinacoteca arte exposição
Divulgação/CASACOR

Há registros de quem liderou movimentos de resistência; negociou condições de emprego e de vida; das mulheres que tiveram de ser separadas de seus filhos; das que, com seu trabalho, conseguiram comprar as alforrias; dos mestres curandeiros, dos professores, advogados, artistas, entre outros.

A mostra também se conecta com a nova apresentação da coleção do museu, que traz como pilar os principais questionamentos contemporâneos e tem como objetivo reverberar narrativas mais inclusivas e diversas. E seguindo essa proposta todos os retratos da exposição integrarão a coleção permanente da Pinacoteca de São Paulo.

Continua após a publicidade
poster cartaz enciclopédia negra pinacoteca arte exposição

“Curunkango” de Michel Cena. Carucango liderou um dos maiores quilombos do RJ, um poderoso centro de resistência contra a escravidão. Divulgação/CASACOR

Serviço Enciclopédia Negra

 

Local: Pinacoteca de São Paulo

Endereço: Praça da Luz

Ingressos: R$ 25 apenas pelo site da Pinacoteca www.pinacoteca.org.br

*é necessário reservar o ingresso com antecedência

Continua após a publicidade
Publicidade