Conheça 8 edifícios contemporâneos mais significativos de Pequim

A capital da China é conhecida por uma série de projetos de ambiciosos e extravagantes assinados por grandes nomes da arquitetura

Por Redação Atualizado em 7 abr 2022, 18h55 - Publicado em 12 abr 2022, 16h00
arquitetura china; edifícios mais significativos de pequim
HG Esch/CASACOR

Pequim, capital da China, é uma metrópole que abriga cerca de 22 milhões de pessoas e é o centro político e cultural do país.

Rica em milênios de história, desde a antiga e bela Cidade Proibida até a praça da Praça da Paz Celestial, a cidade tornou-se conhecida por uma série de projetos de arquitetura ambiciosos e extravagantes.

A seguir, reunimos 8 edifícios contemporâneos mais significativos de Pequim, incluindo obras de MAD, Zaha Hadid Architects, OMA e Ole Scheeren.

1. Grande Teatro Nacional, por Paul Andreu

 

arquitetura china; edifícios mais significativos de pequim
Paul Maurer/CASACOR

Entre os primeiros novos marcos de Pequim que surgiram nos últimos 15 anos, um dos principais é o Grande Teatro Nacional.

Projetado pelo arquiteto francês Paul Andreu, o teatro é uma enorme cúpula em meio a um lago próximo à sede do governo chinês – o Grande Salão do Povo.

Abriga três teatros dentro da enorme cúpula de 149.500 m2, que é o maior complexo deste tipo na Ásia.

2. Sede CCTV, por OMA

 

arquitetura china; edifícios mais significativos de pequim
Iwan Baan/CASACOR

Um dos edifícios mais reconhecíveis do horizonte de Pequim é a sede da Televisão Central da China (CCTV), de formato irregular, projetada pelo escritório holandês OMA.

3. CITIC Tower, por KPF

 

arquitetura china; edifícios mais significativos de pequim
HG Esch/CASACOR

A CITIC Tower, mais popularmente chamada China Zun, é o arranha-céu mais alto de Pequim, com 528 metros de altura, e o quinto edifício mais alto da China.

Projetado pela empresa americana Kohn Pedersen Fox (KPF) com base em um conceito de Farrells, o edifício foi concebido para formar a peça central do novo distrito comercial central de Pequim.

Sua forma – mais larga na parte superior e inferior do que no meio – é supostamente baseada na forma de um zun, um tipo de vaso cerimonial que remonta à Idade do Bronze.

4. Galaxy Soho, por Zaha Hadid Architects

 

arquitetura china; edifícios mais significativos de pequim
Iwan Baan/CASACOR
Continua após a publicidade

O escritório Zaha Hadid Architects projetou este complexo de varejo, escritórios e entretenimento de 330.000 m2 para o mega desenvolvedor imobiliário China Soho.

Concluído em 2012, o edifício é composto por quatro estruturas abobadadas fundidas por pontes e plataformas entre placas de piso curvas, envolvendo uma série de pátios.

5. Phoenix International Media Center, por BIAD UFO

 

arquitetura china; edifícios mais significativos de pequim
Pawel Paniczko/CASACOR

Envolto em um vidro treliçado e pele de aço, este edifício em forma de anel do escritório de arquitetura BIAD UFO fornece a nova sede para a emissora chinesa Phoenix Television.

6. Chaoyang Park Plaza, por MAD

 

arquitetura china; edifícios mais significativos de pequim
Edmon Leong/CASACOR

Os volumes de vidro montanhosos de 120 metros de altura do Chaoyang Park Plaza foram projetados pelo estúdio de arquitetura MAD e concluídos em 2017. 

O projeto pretendia fazer referência aos lagos, colinas e pedras retratados nas pinturas cênicas tradicionais chinesas shan shui.

Para alguns, sinalizou uma mudança de edifícios ultrajantes para uma abordagem mais discreta para grandes projetos de arquitetura.

7. Guardian Art Center, por Ole Scheeren

 

arquitetura china; edifícios mais significativos de pequim
Iwan Baan/CASACOR

O Guardian Art Center foi apresentado como um modelo de como a arquitetura chinesa pode ser contemporânea e respeitosa, com seus pequenos blocos no nível do solo combinando com a escala das casas hutong tradicionais em Pequim.

O complexo de 120.000 m2 de arranha-céus, blocos de escritórios e espaços públicos da MAD está localizado no distrito comercial central de Pequim, que fica no extremo sul do Parque Chaoyang – um dos maiores parques da cidade.

8. Leeza Soho, por Zaha Hadid Architects

arquitetura china; edifícios mais significativos de pequim
Hufton + Crow/CASACOR

Voltando às características mais recentes para atingir o horizonte de Pequim, o arranha-céu Leeza Soho de 45 andares contém o átrio mais alto do mundo em seu centro. É outro projeto de Zaha Hadid para a China Soho.

A torre atravessa um túnel subterrâneo de serviço de metrô, levando o escritório de arquitetura a dividi-la em duas metades de cada lado de um vazio de 194 metros de altura.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade