Casa para mulheres é construída junto da comunidade local no Marrocos

Novo projeto da BC Architects, a casa parte de uma premissa sustentável para usar de materiais naturais da região

Por Redação 25 mar 2020, 15h57
Thomas Noceto/CASACOR

O escritório BC Architects & Studies encabeça o desenho de uma casa para mulheres no Marrocos, construída com a ajuda das moradoras e dos trabalhadores da vila Ouled Merzoug. Com uma premissa sustentável, o projeto faz uso de materiais locais e regenerativos, além de alternar técnicas construtivas tradicionais e contemporâneas, minimizando o lixo residual.

Thomas Noceto/CASACOR

O local para encontros, trabalhos e estudos foi construído no centro da vila, sobre um terreno íngreme. Para a área externa, foi usado um acabamento com rochas de granito, escavados ali mesmo na região. Outros materiais naturais foram usados na estrutura do projeto, como o teto, feito de junco, e as paredes e os pisos, onde foram utilizadas diferentes misturas de terra, areia, cal e palha.

O primeiro ambiente se constitui em um local de encontros, uma área central que conecta os dois volumes da casa: o espaço de trabalho, que funciona como um ateliê para as mulheres, e uma casa de panificação compartilhada chamada “boulangerie commune”. No ateliê, são desenvolvidas atividades de ensino, encontros e costuras, enquanto no boulangerie as mulheres podem compartilhar refeições, cozinhar e vender seus produtos.

Thomas Noceto/CASACOR

As portas e vigas de eucalipto foram feitas por marceneiros locais, enquanto as lâmpadas do exterior e os objetos de cerâmica foram produzidos em conjunto, em uma oficina em cerâmica.

Continua após a publicidade
Publicidade