90 anos de arquitetura brasileira é tema de exposição em Portugal

A Casa de Arquitectura de Portugal recebe a "Infinito Vão – 90 anos de Arquitetura Brasileira" na cidade de Matosinhos, no Distrito do Porto

Por Fernanda Drumond Atualizado em 17 fev 2020, 16h50 - Publicado em 1 out 2018, 18h14
Divulgação/CASACOR

A Casa de Arquitectura de Portugal está com uma exposição sobre a arquitetura brasileira em cartaz. A instituição recebeu a coleção “Infinito Vão – 90 anos de Arquitetura Brasileira” e inaugurou uma grande mostra na cidade de Matosinhos, no Distrito do Porto.

Com curadoria dos brasileiros Fernando Serapião e Guilherme Wisnik, a mostra apresenta ao público o melhor da arquitetura brasileira dos últimos 90 anos, partindo da conclusão da primeira das três casas modernistas de Gregori Warchavchik, sintetizada em 90 projetos.

Instituto Moreira Salles SP – Andrade Morettin Divulgação/CASACOR

A mostra também traz a música, a literatura e o cinema para ajudar a desenhar os contextos em que os projetos selecionados estão inseridos, criando um percurso que relaciona os cenários político, cultural e social do país em cada uma das seis fases da exposição.

A exibição foi separada em seis temas que compreendem uma década e meia de história, são eles: Do Guarani ao Guaraná (1924 – 1943), A Base é uma Só (1943 – 1957), Contra os Chapadões Meu Nariz (1957 – 1969), Eu vi um Brasil na TV (1969 – 1985), Inteiro e Não Pela Metade (1958 – 2001) e Sentimento na Sola do Pé (2001 – 2018).

Casa das Canoas – Oscar Niemeyer Divulgação/CASACOR

A exposição, que fica aberta até 28 de abril de 2019, também receberá convidados para a intervenções especiais. Adriana Calcanhoto, Eduardo Souto de Moura, Isa Grispum, Manuel Aires Mateus, Camila Pitanga, José Miguel Wisnik e outros passarão por lá.

A instituição também apresenta a exposição “Duas Casas”, de Paulo Mendes da Rocha , que recebeu o título de Sócio Honorário da Casa da Arquitectura.

Continua após a publicidade
Publicidade