Reffetorio Paris: o centro social que une gastronomia e arte acessível

Proveniente do trabalho social de Massimo Botura, o novo restaurante atende aos mais necessitados e conscientiza o mundo sobre o desperdício de alimentos

Por Alex Alcantara Atualizado em 18 fev 2020, 07h50 - Publicado em 17 Maio 2018, 11h26
Reprodução/CASACOR

Mais que um projeto social, o novo Refettorio Paris é a junção ideal de cultura, solidariedade, arte e gastronomia. Localizado na cripta da igreja Madeleine, um símbolo histórico do coração de Paris, o restaurante proveniente da ONG de Massimo Botura, Food for Soul, surge para atender aos mais necessitados servindo refeições criadas por chefs de renome a um preço acessível: entrada + prato principal + sobremesa por nove euros.

View this post on Instagram

Une équipe de volontaires incroyable était hier soir en cuisine sous les conseils des talentueux chefs @massimobottura & @yannickalleno ! Merci à vous tous ! 🙏 N'hésitez pas à venir aider ➡ plus d'informations sur notre site internet Photo by @jr 📷 • • • #refettorioparis #refettorio #nomoreexcuses #foodforsoul #foyerdelamadeleine #bestteam #volunteer #nowaste #solidarity #food

A post shared by Refettorio Paris (@refettorioparis) on

Continua após a publicidade

São servidas 100 refeições todas as noites, de segunda a sexta-feira, onde o serviço é feito por voluntárias e voluntários, normalmente sendo habitantes do bairro. As matérias-primas são fornecidas pelo Carrefour, Banque Alimentaire e Phenix – uma startup que atua como intermediária entre supermercados e associações beneficentes. Produtos e ingredientes dos restaurantes do grupo AccorHotels também serão recuperados, a fim de evitar o desperdício e estimular o reaproveitamento de alimentos.

Reprodução/CASACOR

Conhecido como Foyer de la Madeleine, o restaurante atende à população mais necessitada há anos e é super reconhecido. Dada a sua importância, Botura promoveu uma reforma e revitalização para acrescentar mais valor ao local tradicional e filantrópico. Para isso, foram convidados dois renomados profissionais da cena francesa:  o arquiteto Nicola Delon, co-fundador da Encore Heureux Architectes, e o designer Ramy Fischler, proprietário do RF Estúdio. Eles colaboraram com JR e Prune Nourry, artistas conhecidos em todo o mundo por suas instalações multidisciplinares em espaços públicos.

Reprodução/CASACOR

Além da preocupação caridosa e estética do projeto, Botura quis, acima de tudo, criar um polo cultural, unindo culinária, arte e design. Neste cenário, ocorrerá eventos, workshops e programas de treinamento para a inclusão no mercado de trabalho, a fim de estimular e envolver os cidadãos em uma questão para a qual Bottura luta há anos, que é contra o desperdício de alimentos e isolamento social.

Reprodução/CASACOR

Todo o trabalho de Botura começou com o Reffetorio Ambrosiano em Milão, experiência bem sucedida proposto na Semana de Design. Após o sucesso, o conceito foi replicado no Rio de Janeiro (Reffetorio Gastromotival), em Londres (Reffetorio Felix em St Cuthbert), também em Bolonha (Social Tables Antoniano) e Modena (Social Tables Ghirlandina).

Reffetorio Ambrosiano, em Milão Reprodução/CASACOR

Food for Soul é uma associação sem fins lucrativos criada em 2015, que, assim como o Refettorio Paris, continuará a criar a série de restaurantes sociais abertos por todo o mundo.

Continua após a publicidade
Publicidade