Nova sede da Amazon irá fazer de Virgínia uma capital da sustentabilidade

Do escritório NBBJ, o projeto mira no certificado LEED Platinum com 2,5 hectares de área verde e energia 100% renovável

Por Giovanna Jarandilha Atualizado em 4 jun 2021, 11h17 - Publicado em 7 jun 2021, 10h00
amazon nova sede virginia arquitetura formato helicoidal espelho prédio edifício
Divulgação/CASACOR

A Amazon revelou o projeto de sua nova e sofisticada sede ao norte da Virgínia, o HQ2. A construção ocupará uma área de 2,8 milhões de pés quadrados para acomodar os escritórios da empresa, que serão divididos em três edifícios, além de 2,5 hectares de espaço público. A peça central do campus será o Helix, uma estrutura de vidro com trilhas para caminhada arborizadas serpenteando ao redor do edifício. O design foi criado pelo escritório de arquitetura NBBJ.

amazon nova sede virginia arquitetura formato helicoidal espelho prédio edifício
Divulgação/CASACOR

O escritório ficou incumbido de combinar elementos arquitetônicos e ecológicos para criar uma construção sustentável e saudável tanto para os funcionários quanto para a comunidade local. Com custo estimado em U$ 2,5 bilhões, o projeto pretende revitalizar completamente a região onde será instalado.

Segundo Dale Alberda, arquiteto chefe da NBBJ, a principal meta do projeto é conectar as pessoas com a natureza. Assim, o local terá um sistema de aquecimento e resfriamento totalmente elétrico que funcionará com energia 100% renovável de uma fazenda solar no sul da Virgínia. Um de seus objetivos também é obter a certificação LEED Platinum.

amazon nova sede virginia arquitetura formato helicoidal espelho prédio edifício
Divulgação/CASACOR

Também por isso, o edifício central terá em todo seu entorno – tanto nas áreas externas, como internas – jardins com plantas e árvores de espécies nativas. “Ele [o edifício] tira sua inspiração diretamente do mundo natural, onde a geometria da dupla hélice pode ser encontrada em muitas formas, incluindo plantas, conchas, filamentos de DNA e até mesmo nossa galáxia”, disse Alberda.

Além de 2,5 hectares de espaço público aberto, um anfiteatro para shows ao ar livre e exibições de filmes e um bosque, a nova sede da Amazon oferecerá opções de lojas e restaurantes voltadas para a rua, bem como parques para cães, creches e espaços para food trucks .

Continua após a publicidade
Publicidade