No container, o home office dialoga com a natureza

As arquiteta Marina Diniz e Paula Guimarães apresentaram o Escritório do Jardim para CASACOR Minas Gerais, um dos destaques sustentáveis da mostra

Por Redação - 4 jun 2020, 17h28
Jomar Bragança/CASACOR

Você consegue imaginar uma casa toda sustentável? Se hoje está longe de acontecer para grande parte dos brasileiros, ela já é realidade para diversos arquitetos que estudam alternativas para a construção civil tradicional, como atestam diversos projetos na CASACOR Minas criados a partir de containers.

As jovens Marina Diniz e Paula Guimarães foram as responsáveis pelo Escritório do Jardim, um home office em pleno quintal. O contêiner foi revestido na parte externa com um ecogranito resistente e de fácil aplicação. A pedra sabão faz o caminho pelo gramado até o ambiente pontuado por poltronas e pufes em corda náutica e mesas de apoio em fórmica, para reuniões informais ou apenas relaxar. Internamente, o design do mobiliário sobressai, com peças de Sérgio Rodrigues, Jorge Zalszupin e Jader Almeida. As 22 telas de Alessandra Rehder formam uma espécie de janela.

Jomar Bragança/CASACOR

Existem inúmeros contêineres sem utilização no mundo. E seguindo uma tendência de economia sustentável criativa que utiliza fontes renováveis e oferece uma construção rápida, limpa e econômica, o uso dos containers é uma opção perfeita.

No Brasil, a ideia de usar de a estrutura em desuso, vem sendo, cada vez mais, uma opção viável e sustentável na construção civil para ambientes comerciais, residenciais e corporativos. Com diversas opções de modulação, os contêineres são oferecidos por algumas empresas especializadas em tornar as caixas, em espaços habitáveis.

Jomar Bragança/CASACOR
Continua após a publicidade
Publicidade