9 arquitetos e designers incríveis fora do mainstream

Adoramos os clássicos, mas sempre vale renovar o repertório com profissionais menos conhecidos que fazem grandes projetos

Por Luciana Andrade Atualizado em 7 abr 2021, 08h14 - Publicado em 7 abr 2021, 08h00

Quando você pensa em design e arquitetura, quais os primeiros nomes que vêm à mente? Para muitos de nós, as principais referências são de europeus e, felizmente, de grandes nomes brasileiros.

Para ampliar nosso olhar, buscamos na Ásia, na África, no Oriente Médio e América Latina top arquitetos e designers que já conquistaram relevância em suas áreas de criação, mas são ainda pouco conhecidos pelo grande público.

Francis Kéré

O premiado arquiteto nasceu na aldeia de Gando, em Burkina Faso. É o primeiro filho de uma família muito pobre e iniciou na carpintaria, depois de ganhar uma bolsa de estudos de uma instituição de caridade alemã.

Mas seu país não produzia madeira, então ele resolveu seguir a arquitetura. Graduou-se na Escola Técnica de Berlim e voltou para Gando, onde começou a aplicar métodos construtivos que combinavam as técnicas da região e o que ele aprendeu na Europa.

Francis Kéré
Francis Kéré Liz Eve/CASACOR
Extensão da Escola Primária de Gando, a aldeia onde Kéré nasceu. Ele acompanhou com esse projeto o crescimento pela demanda de mais alunos na escola, unindo os saberes e as relações da comunidade a modernas técnicas de construção.
Extensão da Escola Primária de Gando, a aldeia onde Kéré nasceu. Ele acompanhou com esse projeto o crescimento pela demanda de mais alunos na escola, unindo os saberes e as relações da comunidade a modernas técnicas de construção. Enrico Cano/CASACOR

Francis Kere

No projeto Despertar da Revolução, Francis Kéré vislumbra uma arquitetura transparente para abrigar o Parlamento de Burkina Faso.

Equipo de Arquitectura

O escritório baseado no Paraguai foi fundado em 2017. É formado pelo chileno Horacio Cherniavsky, por Viviana Pozzoli e Roque Fanego, nascidos em Assunção.

Equipe de arquitetura Paraguai
Divulgação/CASACOR

Os três têm relação com universidades e coletivos, assinando projetos como a “Earthbox”.

A Earthbox é um pequeno escritório de arquitetura na capital do Paraguai, rodeado de árvores, construído em madeira e com vários recortes em vidro.
A Earthbox é um pequeno escritório de arquitetura na capital do Paraguai, rodeado de árvores, construído em madeira e com vários recortes em vidro. Divulgação/CASACOR

MAPA

O escritório reúne nomes como Luciano Andrades, Matías Carballal, Andrés Gobba, Mauricio López, Silvio Machado e Rochelle Castro. A equipe é formada por profissionais do Uruguai e do Brasil, assinando projetos como o premiado Sacromonte Landscape Hotel.

Sacromonte Landscape Hotel, localizado em El Éden, Maldonado (Uruguai).
Sacromonte Landscape Hotel, localizado em El Éden, Maldonado (Uruguai). Divulgação/CASACOR

A casa foi vencedora do Best of Year Interior 2018, do Surface Travel Awards 2018 e finalista do Dezeen Awards 2018.

Rosie Li

Chinesa radicada no Brooklyn, em Nova Iorque, a designer de luminárias Rosie Li se inspira em células, plantas e outros elementos orgânicos. Transforma a natureza em geometrias, sem perder a beleza e a complexidade.

Continua após a publicidade
Rosie Li
Rosie Li Divulgação/CASACOR
Pendente Laurel Blossom, de Rosie Li.
Pendente Laurel Blossom, de Rosie Li. Divulgação/CASACOR

Sumaya Dabbagh

A arquiteta saudita dirige o escritório Dabbagh Architects e já liderou diversos projetos culturais, institucionais, residenciais e comerciais premiados.

Sumaya Dabbagh
Divulgação/CASACOR

Ela passou a viver no Reino Unido quando tinha apenas 13 anos, onde seus interesses em arte e ciências se tornaram determinantes para a escolha do caminho profissional.

Um de seus projetos mais relevantes é o Centro Arqueológico Mleiha, localizado em Sharjah, que é a terceira cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos.
Um de seus projetos mais relevantes é o Centro Arqueológico Mleiha, localizado em Sharjah, que é a terceira cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos. Divulgação/CASACOR

Kunlé Adeyemi

Seu pai é fundador de um dos primeiros escritórios de arquitetura da Nigéria, e Adeyemi seguiu esse caminho, tornando-se um premiado arquiteto e pesquisador urbano. Já foi professor na Universidade de Columbia (Nova Iorque) e recebeu um título honorário de doutor na Universidade Hasselt, na Bélgica.

Atualmente, está à frente do escritório NLÉ e concentra muitos de seus projetos na cidade de Lagos, que tem chamado a atenção pelo crescimento e pela visão alternativa do desenvolvimento africano.
Atualmente, está à frente do escritório NLÉ e concentra muitos de seus projetos na cidade de Lagos, que tem chamado a atenção pelo crescimento e pela visão alternativa do desenvolvimento africano. Reze Bonna/CASACOR

Um de seus mais emblemáticos projetos é da escola flutuante Makoko, que serviu de inspiração para outros pelo mundo. Como este, em Chengdu, na China, realizado em colaboração com o Centre Pompidou de Paris.

O sistema de construção na água cria uma nova oportunidade de urbanização e chama a atenção para as mudanças climáticas.
O sistema de construção na água cria uma nova oportunidade de urbanização e chama a atenção para as mudanças climáticas. Divulgação/CASACOR

Mokena Makeka

Seu trabalho possui uma importante dimensão política e frequentemente busca transformar a imponente arquitetura do apartheid sul-africano. Com seu olhar, converte aquelas fortalezas que historicamente excluíam setores da população em edifícios mais abertos e vulneráveis.

Graduou-se em arquitetura com distinção na Universidade de Cape Town e fundou o Makeka Design Lab em 2002, que busca soluções inovadoras em arquitetura e urbanismo.
Graduou-se em arquitetura com distinção na Universidade de Cape Town e fundou o Makeka Design Lab em 2002, que busca soluções inovadoras em arquitetura e urbanismo. Divulgação/CASACOR

Mokena é o fundador do MoDILA (Museum of Design Innovation Leadership & Art), na África do Sul, primeiro museu de arte moderna do país. Ele traz a visão de utilizar o design de interior e a arte como ferramentas de evolução social.

MoDILA (Museum of Design Innovation Leadership & Art), na África do Sul.
MoDILA (Museum of Design Innovation Leadership & Art), na África do Sul. Divulgação/CASACOR

David Adjaye

Sua terra natal é a Tanzânia, mas Adjaye foi criado em Londres. A partir de sua bagagem pessoal e profissional, construiu uma linguagem informada pela cultura africana e, ao mesmo tempo, com referências do hemisfério norte.

Adjaye é um dos nomes que fazem da África uma referência atual em inovação na arquitetura.
Adjaye é um dos nomes que fazem da África uma referência atual em inovação na arquitetura. Divulgação/CASACOR

Um de seus projetos mais icônicos é o Museu Nacional Smithsoniano de História e Cultura Afro-Americana. Em 2017, ele recebeu o prêmio Design of the Year e foi descrito pelo júri como um ponto de virada da arquitetura.

Museu Nacional Smithsoniano de História e Cultura Afro-Americana.
Museu Nacional Smithsoniano de História e Cultura Afro-Americana. Divulgação/CASACOR

Raya Ani

A arquiteta iraniana é uma das mais influentes do Oriente Médio, sendo diretora e fundadora do escritório multidisciplinar RAW-NYC. Com sedes em Nova Iorque e Dubai, seu escritório é liderado por mulheres e apoia iniciativas de impacto social, comprometido com a conscientização sobre temas como controle climático e imigração.

Raya Ani tem interesses que abraçam diversas áreas além da arquitetura, do urbanismo e do design, incluindo moda, arte e meio ambiente.
Raya Ani tem interesses que abraçam diversas áreas além da arquitetura, do urbanismo e do design, incluindo moda, arte e meio ambiente. Neeraj Murali/CASACOR

Seu escritório assina o complexo esportivo Aspire, em Doha, no Catar. Ele utiliza materiais e técnicas construtivas para controlar a temperatura e aproveitar a luz natural. Esportistas e público devem ter a sensação de estar ao ar livre.

Complexo esportivo Aspire, em Doha, no Catar.
Complexo esportivo Aspire, em Doha, no Catar. Divulgação/CASACOR

 

Continua após a publicidade
Publicidade