Galeria Entre.Quadros: um percurso surpreendente na CASACOR Brasília

O ambiente é assinado por Gabriella Chiarelli, da Lez Arquitetura, que participará do projeto Janelas CASACOR em 2020

Por Ana Carolina Harada Atualizado em 21 set 2020, 19h20 - Publicado em 21 set 2020, 19h19
Jomar Bragança/CASACOR

Num primeiro momento, a Galeria Entre.Quadros parece mais uma instalação artística do que um local para abrigar obras de arte. Com 85 m², o criativo ambiente foi projetado por Gabriella Chiarelli, da Lez Arquitetura, para a CASACOR Brasília 2019. A arquiteta participa este ano do projeto Janelas CASACOR, na edição brasiliense.

Jomar Bragança/CASACOR

Toda concepção do espaço nasceu da beleza do pôr do Sol da cidade, capturada pelas lentes do fotógrafo Bento Viana. Ele é o curador responsável pelas obras expostas e também tem algumas de suas outras fotografias em exibição. A galeria é um corredor inclinado com um trajeto de escadaria e um de rampa.

Desconstrução e blocos de cor

Jomar Bragança/CASACOR

As paredes que abrigam as obras de arte não são uniformes, o que torna o próximo quadro a ser visto uma surpresa a ser desvendada. A arquiteta escolheu também não seguir uma mesma proporção e escala nos degraus. Isso garante que o visitante permaneça interessado e possa vivenciar diferentes sensações a cada passo. Toda peça da Galeria parece possuir seu próprio ambiente individual para contemplação.

Jomar Bragança/CASACOR

Outro aspecto que merece destaque é a escolha de cores. Imediatamente, os blocos monocromáticos que se espalham do teto até o piso capturam o olhar. O objetivo era quebrar a expectativa dos tons claros e neutros de galerias “tradicionais”. Foram utilizadas cores vivas, complementadas por tons terrosos. Para o assoalho, dois modelos de porcelanato em cinco colorações diferentes foram aplicados.

Continua após a publicidade
Publicidade