CASACOR Minas Gerais anuncia a 1ª edição do Janelas CASACOR

As reflexões sobre o morar pós-pandemia poderão ser conferidas entre 30 de outubro e 30 de novembro em Belo Horizonte e por meio da visita virtual

Por Redação - Atualizado em 2 out 2020, 09h53 - Publicado em 31 ago 2020, 16h40
Reprodução/CASACOR

A CASACOR Minas Gerais acredita que ressignificar a relação das pessoas com suas casas é uma medida imperativa no atual contexto da pandemia. Com isso, a mostra anuncia a realização inédita do Janelas CASACOR – um projeto inovador que alia tecnologias e meios digitais para potencializar a experiência de visitação. As reflexões sobre o morar pós-pandemia e as soluções em arquitetura, interiores e paisagismo poderão ser conferidas entre os dias 30 de outubro e 30 de novembro em diversos pontos de Belo Horizonte, além da visitação virtual.

O projeto ocupará espaços expositivos do Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB-BH, além de lojas disponíveis nos centros comerciais da rede Multiplan(Diamond Mall, Pátio Savassi e BH Shopping), transformando o espaço físico da vitrine de loja em uma janela aberta para um olhar sobre a casa na contemporaneidade. As ações serão realizadas seguindo todos os protocolos de segurança estipulados pelos órgãos competentes.

A mostra convidou arquitetos, designers e paisagistas, além de artistas, chefs e outros agentes da cena cultural de Belo Horizonte para articular ambientes, instalações, experiências digitais em 3D e vídeos. Dentre os espaços já confirmados, estão uma apresentação pocket da mostra “100% Minas”, que será projetada pela arquiteta Isabela Vecci; uma exposição fotográfica autoral de Jomar Bragança; e a ocupação da Mineiraria pela chef Agnes Farkasvolgyi. Outros grandes nomes já confirmaram participação na mostra, como Alex Roussef e Ana Vaz; Ana Bahia; o escritório Casa Tereze por Joana Hardy, Antônio Valladares e Tereza do Prado; Cyntia Silva; o escritório BCMF por Marcelo Fontes, Bruno Campos e Silvio Todeschi; Estudio Mineral e Sarah James.

Além disso, ainda duas intervenções estão previstas para acontecer em duas locações diferentes: no Pátio Central do CCBB-BH, que poderá ser conferida até janeiro de 2021, e no saguão do Aeroporto de Confins, por meio de uma parceria com a BH Airport.

Todo o projeto foi pensado e produzido de forma a garantir a segurança tanto dos visitantes, quanto dos profissionais participantes. Neste sentido, o uso de recursos digitais como complementares à experiência presencial abre ao público a possibilidade de participar das atividades propostas e conhecer os ambientes de forma inovadora e segura, encurtando distâncias.

Continua após a publicidade
Publicidade