7 tendências que estão bombando na CASACOR São Paulo 2021!

Mergulhe nas sete principais tendências em mobiliário, cores, design e revestimentos que estão passando pela CASACOR São Paulo em 2021

Por Giovanna Jarandilha Atualizado em 21 out 2021, 14h45 - Publicado em 21 out 2021, 11h00
tendências casacor são paulo 2021
Reprodução/CASACOR

Não tem como negar: todo mundo quer saber o que está em alta na CASACOR São Paulo 2021. A mostra de arquitetura, decoração, design e paisagismo mais aguardada do ano está sediada no Parque Mirante, anexo ao Allianz Parque, em São Paulo, onde apresenta 56 ambientes deslumbrantes que preveem os principais destaques em mobiliário, revestimentos e cores que irão conquistar os apaixonados pelo universo da casa.

Ficou curioso? Veja abaixo 7 tendências que invadiram a CASACOR São Paulo e que logo estarão também na sua casa!

1. Formas orgânicas

 

Casa Olaria NJ+, projeto de Nildo José para a CASACOR São Paulo 2021
Nildo José – Casa Olaria NJ+. MCA Studio/CASACOR

Talvez você não perceba de imediato, mas não é tão fácil encontrar ângulos retos nas composições da CASACOR São Paulo em 2021. Isso porque a mostra está repleta de formas orgânicas: isto é, aquelas que simulam as formas encontradas na natureza. Seja em incursões nas paredes ou na claraboia sobre a mesa, os padrões arredondados e irregulares estão por toda a parte.

Melina Romano- Casa Alma Duratex, ambiente da CASACOR São Paulo 2021.
Melina Romano- Casa Alma Duratex. MCA Estudio/CASACOR

O interessante é notar que esses padrões podem aparecer também no tampo de mesas, no contorno de sofás, ou mesmo na forma como a cortina é posicionada. A proposta é tirar do óbvio e criar configurações inusitadas no décor. Ou seja, não faltam jeitos de incorporar a tendência!

2. Sofás lavados por tons neutros

 

Patricia Hagobian - Loft Zéfiro Dunelli, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Patricia Hagobian – Loft Zéfiro Dunelli Salvador Cordaro/CASACOR

Se você acha que sofás neutros não são tendência, pense novamente. É verdade que o uso de tecidos com baixa saturação em revestimentos de mobiliário é um clássico, até em razão de seus muitos benefícios: a facilidade de combinar, a possibilidade de dar destaque a outras peças-chave e, principalmente, as poucas chances de você enjoar da cor escolhida. Sua fácil adaptação, porém, não impediram que eles conquistassem seu brilho próprio em muitos (muitos mesmo) ambientes da CASACOR São Paulo 2021.

Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Gustavo Martins – CASA Å LEVE. Renato Navarro/CASACOR

Na mostra, foram priorizados os tons de creme, off-white e gelo para o mobiliário, mas a tendência vai além disso: composições inteiras em tons neutros conquistaram a mostra, incluindo o tom das paredes, dos tapetes e até das obras de arte (repare na peça assimétrica feita em couro do Atelier ZHZ ao fundo da imagem acima). A dica é combinar a cor neutra dos estofados com peças de design e revestimentos feitos de madeira – afinal, já que estamos falando de clássicos, é impossível errar com esse.

3. Texturas naturais nas paredes

 

Érica Salguero - Espaço Kairós, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Érica Salguero – Espaço Kairós. Renato Navarro/CASACOR

Falando em madeira, é preciso destacar o papel fundamental dela no revestimento das paredes, pisos e forros da CASACOR São Paulo. Talvez o elemento mais democrático quando se trata de decoração, a madeira aparece em uma infinidade de padronagens e tonalidades na mostra, criando diferentes efeitos visuais nos ambientes. Vale notar também que a combinação madeira + outros elementos naturais nunca sai de moda, e na mostra ela aparece somada à palhinha, às pedras e às fibras naturais.

Buriti Arquitetura - Ateliê de Taipa, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Buriti Arquitetura – Ateliê de Taipa. Rafael Renzo/CASACOR

As texturas naturais, além de conferir um aspecto rústico, ajudam a tornar os ambientes mais aconchegantes e convidativos. Junto delas, é possível perceber uma preferência por um décor mais quente e solar, em tonalidades que variam do terracota ao mostarda, como é o caso do Ateliê de Taipa. Outra escolha que vale destacar são os materiais que estimulam o toque, como o linho do sofá.

4. Arte e design brasileiros

 

Estudio Guto Requena - Casa LG ThinQ, ambiente da CASACOR São Paulo 2021.
Estudio Guto Requena – Casa LG ThinQ. MCA Estúdio/CASACOR

Os arquitetos e decoradores da CASACOR buscam sempre valorizar produtos idealizados e construídos em território nacional, e desta vez não foi diferente. Grandes mestres brasileiros roubam a cena com suas peças escultóricas, designs surpreendentes e obras de arte coloridas que completam grande parte dos ambientes – para não dizer todos – com uma boa dose de regionalismo e brasilidade.

Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz - Loft do Colecionador
Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz – Loft do Colecionador. MCA Estudio/CASACOR

São muitos os nomes a citar, então se você quiser descobrir alguma peça de um ambiente específico, te convidamos a passear pelo Tour 3D da CASACOR São Paulo, onde estão relacionadas as principais peças de arte e design e onde encontrá-las. Um ponto comum a todos ambientes,é a importância de cada peça na construção da linguagem pretendida para o ambiente. Para quem visita a mostra, é mais do que evidente o cuidado dos profissionais com a curadoria das peças. Simplesmente encantador!

5. Combinações de cores ousadas

 

Ana Weege - Living Galeria Perspectiva, projeto da CASACOR São Paulo.
Ana Weege – Living Galeria Perspectiva. Evelyn Müller/CASACOR

Tente contar quantas cores diferentes você vê na foto acima. Difícil, não é? A verdade é que o Living Galeria Perspectiva é um espaço carregado de criatividade que não impõe limites para combinar cores na decoração. Com uma atmosfera muito alto astral, o ambiente propõe uma imersão em suas muitas obras de arte, ao mesmo tempo em que convida a um morar menos cheio de regras – e por que não muito mais divertido?

Kika Tiengo - Hall Abluo, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Kika Tiengo – Hall Abluo. Renato Navarro/CASACOR
Continua após a publicidade

Vale destacar que, entre as combinações de cores ousadas, o rosa e suas variações são tons preferidos dos arquitetos e designers. Já em alta no mercado de decoração desde a ascensão do chamado rosa millenial, a tonalidade aparece em papéis de parede, tintas de parede e, principalmente, em pastilhas quadriculadas recobrindo o piso.

6. Divisórias criativas e nada usuais

 

Leo Shehtman - Social House, projeto para a CASACOR São Paulo 2021.
Leo Shehtman – Social House. Salvador Cordaro/CASACOR

Desde que apartamentos do tipo loft se tornaram mais comuns nas grandes cidades, arquitetos e decoradores vêm se desdobrando para encontrar formas criativas de setorizar ambientes, sem a necessidade de vedá-los. Nesse sentido, as divisórias desempenham um papel fundamental no morar contemporânea, seja para garantir privacidade ou simplesmente aproveitar melhor da área interna – e é muito provável que você veja mais delas por aí.

Estúdio Liberdade. Pedro Luiz de Marqui - CASACOR SP 2021
Estúdio Liberdade. Pedro Luiz de Marqui – CASACOR SP 2021 MCA Estúdio/CASACOR

Na CASACOR, não é de agora que os ambientes integrados conquistam o elenco – afinal, a possibilidade de fazer mais em menos espaço é um verdadeiro sonho, não é? Apesar disso, a fonte de criatividade dos profissionais está longe de secar. Na Social House, por exemplo, a cozinha faz as vezes de divisória entre o estar e as áreas privadas, com closet e quarto. Destaque ainda para a divisória vermelha vazada com um círculo (lembra o que falamos sobre formas orgânicas?), que divide e conduz o visitante para uma pequena varanda externa com garagem. Já no Estúdio Liberdade, a divisória é elevada a outra potência e ganha ares artísticos com o uso de vidro derretido suspenso para delimitar as áreas social e íntima.

7. Luminárias esculturais

 

Studio Roca - Casa Égide.
Studio Roca – Casa Égide. MCA Estúdio/CASACOR

Mais uma vez é preciso mencionar a espetacular curadoria de design da CASACOR São Paulo – desta vez, com foco nas luminárias. Verdadeiras instalações artísticas, as luminárias da mostra são como esculturas flutuantes que parecem desempenhar o papel perfeito na finalização dos ambientes. Por vezes leves, ora minimalistas, ora ornamentadas, as luminárias desta edição puxam todos os olhares para si – e não por menos.

Renata Florenzano - Espaço Terra Brasil, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Renata Florenzano – Espaço Terra Brasil. Evelyn Müller/CASACOR

O interessante é notar como as luminárias, assim como as poltronas, as escolhas de revestimento e de tecidos, também contribuem muito para a atmosfera do ambiente. Por exemplo, imagine que as duas luminárias das fotos acima estivessem invertidas, ou seja, a da Casa Égide no Espaço Terra Brasil e vice-versa. Não faria sentido! E nem teria o mesmo efeito. Por isso é tão importante tomar um cuidado especial na escolha da luminária – e não seja modesto, pois quanto mais elaborada, melhor!

8. Bônus: easter eggs!

 

Debora Aguiar - Riserva Todeschini, projeto para a CASACOR São Paulo 2021.
Debora Aguiar – Riserva Todeschini. Renato Navarro/CASACOR

Quem ama easter eggs, vai perceber que a CASACOR São Paulo está cheia de detalhes que podem passar desapercebidos pelo olhar desatento. No Riserva Todeschini, por exemplo, a mini árvore suspensa está mesclada na composição da mesa de centro e não chama atenção para si, apesar de ser um item tão delicado que gostaríamos de adotar agora mesmo!

Paulo Azevedo - Living do Apartamento, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Paulo Azevedo – Living do Apartamento. Salvador Cordaro/CASACOR

Não tenha dúvidas de que tudo o que está nos ambientes, está lá por uma razão. No ambiente Living do Apartamento, por exemplo, Paulo Azevedo marcou os livros dispostos em uma mesinha lateral com diversos post it, de forma a parecer que realmente tem alguém habitando, trabalhando e estudando naquele espaço.

Te fazemos um desafio: que tal visitar mais uma vez a CASACOR São Paulo para encontrar todos esses detalhes escondidos? 

Serviço CASACOR São Paulo 2021

 

Onde: Parque Mirante, (anexo ao Allianz Parque) – Rua Padre Antônio Tomás, 72

Quando: de 21 de setembro a 15 de novembro de 2021

Horário de funcionamento: segunda* a domingo, das 12h às 22h

* Consulte os dias especiais de abertura às segundas-feiras no site.

Bilheteria digital: https://casacor.byinti.com

Estacionamento no Local – Estapar
R$50 (período de 4 horas)
R$5 (por hora adicional)

Valores dos ingressos:
R$ 80 (Terça a Quinta) – Inteira
R$ 40 (Terça a Quinta) – Meia entrada
R$ 100 (Sexta Sábado, Domingo e Feriados)
R$ 50 (Sexta Sábado, Domingo e Feriados) – Meia entrada

Compra de ingresso de meia-entrada
– Idoso a partir de 60 anos
– Estudante apresentando o documento válido com foto ou recibo de pagamento
– PCD e seu acompanhante (conforme lei 12.933/13)
– Professor da rede pública e privada, apresentando o documento válido com foto
* Comprovação de meia-entrada será exigida na porta

Importante:
– Gratuidade de entrada para crianças com idade comprovada de até 10 anos
– 1 (um) CPF pode comprar no máximo 10 ingressos
– A partir de 5 ingressos, parcelamento em 2 vezes
– Venda Grupo: Compras acima de 10 ingressos ou por CNPJ, envie e-mail para ajuda@byinti.com

Continua após a publicidade

Publicidade