Galeria no Centro de SP reúne achados da decoração

A Galeria Verniz ocupa um galpão com 400 m2 preenchidos com peças requintadas a objetos de uso industrial sem restrição de estilo

Por Redação Atualizado em 18 fev 2020, 07h54 - Publicado em 12 mar 2018, 16h18
Divulgação/CASACOR

O Centro de São Paulo é o endereço de uma galeria de decoração muito especial. Verniz é o nome do projeto de Paulo Bega, Fábio Matheiski e Luciano Tartalia, um galpão com 400 m2, localizado na Rua Álvaro de Carvalho, 318. A loja reúne achados decorativos provenientes de pesquisas dos sócios em lugares como “família vende tudo”, depósitos, leilões, bazares, feiras e beiras de estradas. Fora do circuito de garimpo de móveis e objetos de decoração da cidade, com peças requintadas a objetos de uso industrial, o acervo exposto no galpão é rotativo e não tem restrição de estilo.

Divulgação/CASACOR

O galpão acaba de ser reformado para dar destaque aos achados improváveis com uma ambientação cênica e um bar para receber eventos. A inauguração aconteceu no dia 10 de março.

Os sócios da Verniz atuam como facilitadores e oferecem ao público, principalmente profissionais da área de decoração, serviço de curadoria de garimpo a portas fechadas, com horário marcado. As peças expostas, encontradas em lugares improváveis, podem ser restauradas, reutilizadas ou recriadas. Antes de serem vendidos, os móveis e objetos de decoração também podem ser alugados para cenografia.

Divulgação/CASACOR

A Galeria Verniz também possui uma unidade localizada na Rua da Consolação, 3391. Com 5 meses de existência, a loja oferece os mesmos serviços com o diferencial de não precisar agendar horários de visita e funciona em horário comercial, de segunda a sábado, das 12h às 20h. 

Divulgação/CASACOR
Continua após a publicidade
Publicidade