Instalação na Pinacoteca provoca reflexão sobre desigualdades sociais

A instalação de André Komatsu na Pinacoteca cria um espaço onde é impossível se movimentar livremente. A visitação abre a partir de sábado, 28 de agosto

Por Giovanna Jarandilha Atualizado em 25 ago 2021, 12h03 - Publicado em 26 ago 2021, 10h00
noite longa andré komatsu pinacoteca de são paulo
Divulgação/CASACOR

A instalação inédita do artista André Komatsu na Pinacoteca de São Paulo provoca os visitantes a refletirem sobre privilégio e desigualdade social no Brasil. Localizada no espaço central do museu, o Octógono, a instalação Noite Longa será aberta para o público a partir deste sábado, 28 de agosto, das 10h às 18h.

noite longa andré komatsu pinacoteca de são paulo
Divulgação/CASACOR

Na obra, o artista procura trabalhar com as ideias de controle, possibilidade e restrição. Assim, foram instaladas 51 lanças de aço de quatro metros de altura por todo o piso do Octógono, que recebeu um revestimento especial de placas de ferro.

Posicionadas a uma distância de 150 centímetros umas das outras, as lanças remetem a um padrão de ordem e hostilidade, caracterizando um espaço onde é impossível se movimentar livremente.

noite longa andré komatsu pinacoteca de são paulo
Divulgação/CASACOR

Nas extremidades das lanças, é possível encontrar objetos como livros, sacos de terra, moedas empilhadas, papel moeda, folhas de ouro e garrafas de água. Os itens simbolizam bens que, embora devessem ser garantidos enquanto direitos básicos, permanecem inacessíveis para grande parte da população, sobretudo em contextos de crise e agravamento das desigualdades sociais.

O público poderá circular entre essas estruturas de maneira ordenada, vislumbrando os elementos em seu topo, longe do alcance das mãos. A curadoria é de Ana Maria Maia.

pinacoteca de são paulo
Levi Fanan/CASACOR

As relações de poder e os conflitos sociais permeiam os trabalhos de Komatsu, artista paulistano que cresceu com a retomada da democracia no Brasil e viu o neoliberalismo ser implementado pelas políticas econômicas nos anos 1990. É nesse contexto em que elabora sua obra.

Continua após a publicidade

A obra faz parte do tradicional Projeto Octógono Arte Contemporânea, iniciativa criada em 2003 que apresenta produções de arte contemporânea comissionadas pelo museu.

Ao longo desses 18 anos, o projeto apresentou cerca de 40 sites specifics de artistas brasileiros e estrangeiros, entre eles já passaram pelo projeto nomes como Ana Maria Tavares, Artur Lescher, Carla Zaccagnini, Carlito Carvalhosa, Joana Vasconcelos, João Loureiro, José Spaniol, Laura Vinci, Laura Lima, Regina Silveira, Rubens Mano, Jorge Pardo, entre outros.

Serviço “Noite Longa”, instalação por André Komatsu

 

Data: 28 de agosto a 08 de novembro de 2021

Local: Octógono da Pinacoteca de São Paulo

Horário: de quarta a segunda, das 10h às 18h

Ingressos com reserva de horário em https://www.pinacoteca.org.br

Continua após a publicidade
Publicidade