Artboard Created with Sketch.

Google Arts & Culture mostra mais de 3.200 obras da Arte Contemporânea

O projeto O que é Arte Contemporânea? vai contar a história deste período artístico no mundo e com ênfase na produção brasileira

Cadeira criada pelos Irmãos Campana, “Cadeira Café”, exposta no Museu Oscar Niemeyer.

Cadeira criada pelos Irmãos Campana, “Cadeira Café”, exposta no Museu Oscar Niemeyer. (Divulgação/CASACOR)

O Google Arts & Culture apresenta o projeto O que é Arte Contemporânea? que vai contar a história deste período artístico no mundo e a produção brasileira vai estar bem representada na plataforma. Das 51 instituições que trazem suas coleções hoje para o projeto, 15 são do Brasil. Por meio de uma jornada imersiva digital, é possível fazer tours no Street View pela última Bienal de São Paulo, ver a exposição “Quem tem medo de Teresinha Soares?”, do Masp, ou conhecer as instalações ao ar livre do Inhotim. Ao todo, são mais de 3.200 obras que revelam detalhes da arte contemporânea brasileira.

Coleção do MASP no Google Arts & Culture

Coleção do MASP no Google Arts & Culture (Reprodução/CASACOR)

Mais de 500 obras foram capturadas pela Art Camera do Google, a fim de reproduzir cada detalhe em ultra-resolução. Além disso, é a primeira vez que as obras do Instituto Tomie Ohtake estarão disponíveis on-line. Também é possível conferir as obras do Centro Cultural Banco do Brasil nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Belo Horizonte.

Trabalho por Eudes Mota, “Sem Título”, da série “Cruzadas”, pertencente à coleção do Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM).

Trabalho por Eudes Mota, “Sem Título”, da série “Cruzadas”, pertencente à coleção do Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM). (Divulgação/CASACOR)

Quem quiser fazer uma viagem pelo mundo poderá conhecer, por exemplo:

  • As obras de León Ferrari, que pertencem à coleção do Museo de Arte Moderno de Buenos Aires (MAMBA), na Argentina;
  • Uma instalação feita por Ai Weiwei, na Dinamarca, em homenagem ao Dia Mundial do Refugiado da ONU;
  • Todas as obras integrantes da 15ª Bienal de Istambul, na Turquia;
  • As produções de artistas emergentes e estabelecidos que marcaram a volta do movimento de miniatura do Paquistão;
  • As produções de artistas sul-africanos contemporâneos, nas exposições organizadas por Johannesburg Art Gallery;
  • E os destaques de museus importantes, como Serralves, em Portugal, Mathaf: Arab Museum of Modern Art, no Quatar, e Barjeel Art Foundation, nos Emirados Árabes.

O projeto O que é Arte Contemporânea? teve início em outubro do ano passado, com museus como o Modern Art Oxford, MoMA e Brooklyn Museum. Com um repositório de exposições on-line e conteúdos editoriais, também há a resposta para perguntas comuns sobre arte contemporânea, além de mostrar ícones e artistas que moldam a arte hoje.

Todas as coleções são gratuitas e estão no endereço g.co/contemporaryart e no aplicativo do Google Arts & Culture para Android e iOS.

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
Aceito receber ocasionalmente ofertas especiais e de outros produtos e serviços do Grupo Abril.
Política de Privacidade
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.