Artboard Created with Sketch.

Por dentro do Studio Guilherme Torres em São Paulo

Emblema da fase de renovação do escritório, construção é marcada por uma estrutura vazada feita com 25 mil tijolos

“A arquitetura começa quando você une dois tijolos com cuidado”. A frase do célebre arquiteto Mies van der Rohe representa a fagulha criativa da concepção do Studio Guilherme Torres. A edificação – sem muros – acolhe o visitante em uma esquina do bairro de Pinheiros, em São Paulo. E ela utiliza bem mais que um par de tijolos na construção.

 (Denilson Machado – MCA Estúdio/CASACOR)

Ao todo, 25 mil unidades compõem o mosaico na fachada. A estrutura vazada, a meio caminho entre a arte e o artesanato, é uma característica relevante da arquitetura de Guilherme Torres. Neste projeto, além de escultural, o recurso garante luz natural nos ambientes durante todo o dia.

 (Denilson Machado – MCA Estúdio/CASACOR)

O escritório paulistano de Torres – que também possui uma sede em Londrina (PR) desde 2001 – foi projetado em dois pavimentos. Seus 140 são inspirados na nova vocação multidisciplinar da empresa.

 (Denilson Machado – MCA Estúdio/CASACOR)

Um bom exemplo é o espaço reservado a uma galeria para exposições de arte no térreo, que também traz uma sala de reunião. Ela pode ou não se integrar ao ambiente, dependendo dos painéis pivotantes em madeira.

 (Denilson Machado – MCA Estúdio/CASACOR)

A proposta é ir além da arquitetura e do design, que consagraram o escritório, e abrir possibilidades para novas criações e projetos.

Aliás, é no pavimento superior onde a equipe foca na criação e trabalha nos projetos. Algumas paredes foram revestidas com mármore, que fazem contraste com o piso em madeira.

 (Denilson Machado – MCA Estúdio/CASACOR)

Junto com Guilherme Torres, o Studio é formado pelos arquitetos Rafael Miliari e Enrico Beer Boimond. É administrado por Debora Atsuko, especialista da indústria de luxo.

 (Denilson Machado – MCA Estúdio/CASACOR)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.