Artboard Created with Sketch.

Habitação autoconstruída incentiva autonomia das mulheres em Uganda

Projeto premiado da arquiteta brasileira Mariana Montag, a habitação servirá de oficina para capacitar mulheres da zona rural de Kikajjo

 (Mariana Montag/CASACOR)

Em uma viagem à área rural de Uganda, a arquiteta Mariana Montag teve a ideia para o projeto A Casa de Jajja. A habitação irá sediar oficinas de capacitação para as mulheres locais, para que aprendam a autoconstruir e reproduzir o modelo da casa. O projeto, porém, ainda olha além — também objetiva ampliar os padrões de gênero, incentivando a autonomia e independência dessas mulheres.

A construção foi pensada para e pelas mulheres de Kikajjo, vilarejo rural a 16 quilômetros de Kampala, capital do país. Mariana se envolveu na comunidade e conversou com seus habitantes, para conhecer suas necessidades e pensar em soluções que fazem sentido no seu dia a dia.

 (Divulgação/CASACOR)

Para isso, decidiu escolher para o projeto materiais obtidos a no máximo um quilômetro do local de construção — uma forma de também trazer a força da cultura e história locais à casa. O protótipo foi pensado em módulos, podendo ser ampliado, readaptado e replicado em outras áreas rurais.

No projeto, os ambientes foram organizados por painéis pivotantes, que determinam a abertura da casa para o exterior. Os dormitórios foram abrigados sob uma cobertura independente, com pilares que conectam treliças invertidas e captam água para a casa. O módulo foi inteiramente pensado e dimensionado tendo a mulher como força construtiva.

O projeto de Mariana Montag foi reconhecido pela premiação Beyond Bauhaus – Prototyping the Future, que incentiva a inclusão social por meio da arquitetura. Para concluir a construção da Casa de Jajja, a arquiteta abriu uma campanha de arrecadação online. Os 60 mil reais necessários para a compra do terreno e custos construtivos já foram arrecadados, e a construção tem previsão de terminar em fevereiro de 2021.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.