Foster + Partners assina a nova sede europeia da Bloomberg

O conceito do projeto promove bem-estar para os funcionários, os pedestres e todo o entorno da construção além de explorar ao máximo a sustentabilidade

Por Alex Alcantara 7 fev 2018, 16h11
Nigel Young/CASACOR

Um exemplo de construção moderna que respeita o meio ambiente e toda a história e espaço do seu entorno é a nova sede europeia da Bloomberg. A empresa, que possui mais de 18 mil empregados no mundo e com escritórios em mais de 173 países, é focada na distribuição de informação econômica e financeira de forma informatizada, com diversas plataformas de execução de operações no mundo todo, além de fornecer também notícias de regulamentação e de pesquisa. A Bloomberg atua também em outras vertentes, que incluem a Bloomberg Profissional, a Bloomberg News, a Bloomberg Radio e a Bloomberg Businessweek.

Nigel Young/CASACOR

Antenada nos movimentos e tendências, a empresa surpreendeu e serviu de bom exemplo com sua nova sede europeia, na 3 Queen Victoria St, Londres, Reino Unido. Projetada pelo reconhecido escritório Foster + Partners – que também projetou o prédio que sediou a CASACOR Rio de Janeiro 2017 – a construção se torna um marco da arquitetura sustentável e social, ao respeitar normas ecológicas e também ao se incluir no espaço sem prejudica-lo. O prédio traz recursos para os passantes e promove melhorias para a área em que está alocado.

Nigel Young/CASACOR

O projeto foi finalizado em 2017 e se insere, de forma respeitosa, em um contexto histórico local sem interferir na arquitetura marcante da área, “conversando” harmonicamente com marcos arquitetônicos do entorno, como o Banco da Inglaterra, a St. Paul’s Cathedral e a igreja de St. Stephen’s Walbrook. 

Nigel Young/CASACOR

Além disso, a construção recebeu o selo BREEAM Outstanding de sustentabilidade, a pontuação mais alta que um grande escritório de arquitetura já recebeu, ainda na fase de projeto, para um edifício deste tipo. 

Nigel Young/CASACOR

A sede é composta por dois prédios que são ligados por passarelas “transparentes”, criando um lugar de passeio para os pedestres, que foi batizado como Bloomberg Arcade. Este espaço público possui ainda restaurantes e cafés. Três praças públicas foram criadas em cada um dos extremos desta via de pedestres e em frente à entrada principal do edifício.

Nigel Young/CASACOR

Toda a construção ocupa uma quadra de 13 mil m². A fachada é um dos grandes destaques: ela possui um grid estrutural de arenito, com uma série de brises em bronze responsáveis por sombrear as amplas aberturas do piso ao teto. Estes elementos de controle solar promovem um sistema de ventilação natural ao edifício.

Nigel Young/CASACOR

Os funcionários também são beneficiados (e muito) com o projeto da nova sede. Mobiliários flexíveis e ajustáveis em altura podem ser organizados das mais diferentes formas, permitindo privacidade, personalização, bem-estar e trabalho em equipe.

Nigel Young/CASACOR

O forro é outro elemento inovador desenvolvido para este edifício, inspirado nos materiais metálicos típicos da cidade de Nova Iorque. Painéis de alumínio dispostos em conjuntos de “pétalas” foram concebidos com distintos objetivos – dar acabamento, dissipar a luz, incorporar os elementos do sistema de ventilação além de controle acústico – combinando vários elementos funcionais em um sistema integrado de economia de energia.

 

Continua após a publicidade
Publicidade