Mini floresta e cúpulas de vidro marcam a nova sede da Amazon

O projeto é resultado dos estudos da Amazon sobre a melhoria dos escritórios quando em contato com a natureza

Por Fernanda Drumond 1 fev 2018, 17h22
Sean Airhart/NBBJ/CASACOR

A Amazon acaba de lançar sua nova sede em Seattle, um projeto de US$ 4 bilhões que, além de um prédio de escritórios de design contemporâneo, possui uma mini floresta inserida em três enormes cúpulas de vidro. As Esferas da Amazon, como ficaram conhecidas, são um espaço para descompressão e lazer dos funcionários que podem caminhar sob as árvores ou ao longo das cachoeiras. Elas abrigam mais de 40.000 plantas de todo o mundo, criando um ambiente tropical e uma imersão na natureza em meio à paisagem urbana.

Divulgação/CASACOR

Além de salas de reuniões, rios e cachoeiras, a construção ainda inclui uma parede viva de quatro andares. O clima da mini floresta será controlado e mantido em 22 ºC, enquanto a umidade será mantida em 60%. Existe ainda um sistema de ventilação que simula uma brisa ao ar livre, tudo para produzir o clima tropical. As Esferas são resultado dos estudos da Amazon sobre a melhoria dos escritórios quando em contato com a natureza.

Sean Airhart/NBBJ/CASACOR

O projeto criou mais de 600 empregos em tempo integral e proporcionará oportunidades educacionais para a comunidade de Seattle através de passeios, viagens de campo e parcerias com escolas e universidades locais. O projeto foi executado pela empresa internacional NBBJ, também responsável pelo prédio HQ1 da Amazon na mesma cidade.

Sean Airhart/NBBJ/CASACOR
Sean Airhart/NBBJ/CASACOR
Publicidade