Escola cria sala de aula ao ar livre para enfrentar coronavírus

A escola Little Tiger, no Texas, convidou o Murray Legge Architecture para projetar uma sala segura para seus alunos

Por Redação Atualizado em 2 dez 2020, 20h06 - Publicado em 30 nov 2020, 14h00
Vista frontal da sala de aula provisória ao ar livre em formato de tenda com crianças tendo aula
Leonid Furmansky/CASACOR

Em algumas cidades, as escolas estão se preparando para um retorno às aulas atípico. Nos Estados Unidos, uma escola recorreu à arquitetura para deixar os alunos o mais seguros possível. Como uma solução para os desafios causados pela pandemia de Covid-19, a Escola de Imersão Chinesa, Little Tiger, no Texas, optou por mover uma grande parte de suas aulas para o exterior.

Vista lateral da sala com crianças brincando
Leonid Furmansky/CASACOR

O projeto, assinado pela Murray Legge Architecture, é uma sala ao ar livre temporária, em formato de tenda. Toda a estrutura foi construída em apenas uma semana e é extremamente econômica – custando menos de US$3 mil. Nela, as crianças conseguem acompanhar as aulas em um local arejado e adequadamente distantes umas das outras.

Vista lateral da sala com crianças brincando
Leonid Furmansky/CASACOR

As paredes em formato de A conferem rapidez e flexibilidade para a sala, além de poderem receber os bancos lineares e integrados. Para o escritório, que preza pelo design, a repetição das estacas de madeira cria um efeito estético interessante e lúdico.

Crianças sentadas nos bancos estudando, acima, a cobertura em tecido reflexivo
Leonid Furmansky/CASACOR

Como o calor do Texas é muito intenso, as aulas são ministradas de manhã até o meio-dia para aproveitar as temperaturas mais amenas da manhã. Como o Sol está baixo neste horário, a parede voltada para o leste fornece tanta sombra quanto o telhado. Também garantindo o conforto térmico está o tecido utilizado nas coberturas, que é feito de um pano solar reflexivo.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade