Sustentabilidade é palavra-chave em 8 ambientes da CASACOR SC 2021!

Os novos tempos fizeram da sustentabilidade não só uma orientação para as mostras, mas um estilo de vida a se almejar. Confira!

Por Giovanna Jarandilha, Giuliana Capello Atualizado em 16 ago 2021, 16h29 - Publicado em 17 ago 2021, 10h00
Tufi Mousse - Casa dos Pássaros - CASACOR Santa Catarina 2021
Tufi Mousse – Casa dos Pássaros – CASACOR Santa Catarina 2021. Fábio Jr. Severo/CASACOR

A sustentabilidade é um dos pilares das mostras da CASACOR: é a partir dela que é possível garantir que os projetos sejam construídos e desmontados com o mínimo de resíduos e desperdício. O princípio também incentiva arquitetos, decoradores e paisagistas do elenco a buscarem por alternativas sustentáveis a materiais não ecofriendly.

Mas com a pandemia, a sustentabilidade se tornou não só uma orientação, mas também um estilo de vida. Nas palavras de Beto Gebara, que assina o Espaço Plural nesta edição da CASACOR Santa Catarina, “a realidade atual da pandemia nos fez perceber o quanto é importante criarmos uma conexão ainda maior com a natureza, e valorizar as coisas simples e leves da vida, mas sem perder a elegância”.

Veja abaixo as soluções sustentáveis nos ambientes da CASACOR Santa Catarina | Florianópolis 2021!

1. Quarto Suna Reveev, Osvaldo Segundo Arquitetos

 

Continua após a publicidade

Quarto Suna Reveev - Osvaldo Segundo & Arquitetos Associados. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.

O Quarto Suna Reveev contempla a sustentabilidade em todos os detalhes – do papel de parede ao teto de madeira, do piso da área de banho até a escultura que ornamenta o ambiente de 60 m².

Os 40 vasos de cerâmicas que compõem o ambiente são provenientes de uma cooperativa de artesãos do Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, que abriga mais de mil sítios arqueológicos e é reconhecido pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Quarto Suna Reveev - Osvaldo Segundo & Arquitetos Associados. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.
Fabio Jr. Severo/CASACOR

A fabricação das cerâmicas obedece às normas de licença ambiental e de sustentabilidade, além de empregar cerca de 30 artesãos, antigos funcionários do parque, agora exímios ceramistas.

O ambiente reflete a necessidade dos novos tempos, que pedem paz, calma, conforto, clamam pela retomada da essência. “É neste ponto que a arquitetura pode influenciar a vida das pessoas. É chegada a hora de despertar nossa consciência para a sustentabilidade, para a empatia e para o cuidado com os excessos”, considera Martina Hasse, arquiteta coordenadora do projeto.

2. Loft Naturalle, Michael Zanghelini

 

Continua após a publicidade

Loft Naturalle - Michael Zanghelini - CASACOR SC 2021
Fabio Severo Jr/CASACOR

No Loft Naturalle, dois materiais se destacam: a madeira certificada de tauari, executada do piso ao teto de forma artesanal e sem tratamentos; e o mármore, aplicado a partir de peças resgatadas da área de descarte do fornecedor.

A ideia do arquiteto Michael Zanghelini é ressaltar a ancestralidade desses materiais naturais, que trazem um caráter único, rústico, elegante e sensorial – aspectos que ficam ainda mais evidentes com a iluminação em perfis de LED, que criam a sensação de frestas de luz “das casas antigas de madeira”.

Loft Naturalle - Michael Zanghelini. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021;
Fábio Júnior Severo/CASACOR

O olhar para o passado, porém, não deixa de lado a premissa de um futuro sustentável. “Quando acabar a mostra, cada peça já tem um destino certo. Todo o processo é pensado para ter utilidade, ter uma consciência alinhada com os fornecedores e evitar qualquer tipo de desperdício”, frisa o arquiteto.

3. Espaço Plural, Beto Gebara e Marila Filártiga

 

Continua após a publicidade

Espaço Plural - Beto Gebara e Marila Filártiga. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.

Mais do que minimizar impactos, o Espaço Plural foi projetado para impactar positivamente, seguindo o conceito de arquitetura regenerativa. A dupla Beto Gebara e Marila Filártiga assina o ambiente que abriga o restaurante The Hungry Sailor na CASACOR SC | Florianópolis.

As madeiras dos painéis instalados nas paredes e teto são devidamente certificadas, assim como as mescla de madeiras utilizada no banco “monobê” (em tupi guarani ajuntar, reunir), criado e desenhado pela dupla de arquitetos. “Utilizamos três madeiras diferentes em sua composição, a peroba mica, sucupira preta e jatobá, todas certificadas”, detalha Marila. O MDF da marcenaria, de fontes renováveis, veio de um fornecedor local.

Espaço Plural - Beto Gebara e Marila Filártiga. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.

Entre as peças decorativas, luminárias pendentes e mandalas produzidas com resíduos da fábrica de papel pelo grupo de artesãs Tramatusa, de Lages, em Santa Catarina, e cerâmicas feitas a mão pela Duas Studio de Cerâmica, de Florianópolis.

Até o mármore da bancada foi escolhido por estar no estoque da loja, desafiando o uso de um material já cortado e que poderia acabar descartado.

4. Casa dos Pássaros, Tufi Mousse

 

Continua após a publicidade

Tufi Mousse - Casa dos Pássaros - CASACOR Santa Catarina 2021

O arquiteto Tufi Mousse traduz o tema de CASACOR deste ano, A Casa Original, como sendo “aquilo que basta para nos sentirmos bem e sermos felizes, sem exageros e luxos insustentáveis”.

A ampla Casa dos Pássaros fez uso de madeira tauari proveniente de florestas com manejo sustentável certificado pelo Ibama. Nessas áreas, a retirada das árvores é feita com técnicas de baixo impacto, que mantêm a estrutura florestal e permitem a recuperação natural da floresta.

Casa dos Pássaros - Tufi Mousse. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.
Lio Simas/CASACOR

Como o projeto teve construção seca, feita com peças pré-montadas, tudo será desmontado e reaproveitado em outros projetos após a mostra. As plantas também já têm destino certo: deixarão o escritório do arquiteto mais verde.

5. Sala Íntima da Arquiteta, Anna Maya

 

Continua após a publicidade

Sala Íntima da Arquiteta - Anna Maya. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.

Quem entra na Sala Íntima da Arquiteta, logo se vê atraído pela marcenaria que reveste uma parede inteira com ripas de madeira tauari, de manejo sustentável, e ainda cria nichos para plantas, livros, objetos decorativos e uma lareira ecológica.

A mesa do escritório, outra peça singular, é resultado do reaproveitamento de resíduos de uma tora de imbuia. Para a iluminação do ambiente, o LED é protagonista – inclusive na peça Abajur Garden, do designer Mauricio D Avila, com estrutura em cerâmica que acolhe um mini jardim.

6. Veredas Autoria Design, Natália Xavier

 

Continua após a publicidade

Veredas Autoria Design - Natália Xavier. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.

No espaço Veredas Autoria Design, os painéis de freijó que revestem as paredes e o teto foram projetados pensando em desmontabilidade. “Desenhei linhas retas, com placas maiores, justamente para poder aproveitar melhor a madeira em outros projetos após a mostra“, conta a arquiteta Natália Xavier.

Iluminação em LED, tinta terracota à base de água, ventilador de teto com pás em palha natural, persianas de bambu, mármore brasileiro, madeira reaproveitada e arranjo de urucum seco completam as escolhas ecofriendly.

7. Loft Íris, Maria Graziella Oliveira e Allan Chierighini

 

Continua após a publicidade

Loft Íris - Maria Graziella Oliveira e Allan Chierighini. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.

O Loft Íris é a perfeita conciliação de tecnologia e sustentabilidade. Assinado por Maria Graziella Oliveira e Allan Chierighini, o espaço de 110 m² integra home theater, office, sala de jantar, área gourmet, suíte master, closet, área de banho e lavabo.

Madeira sucupira certificada compõe o forro e os painéis. O projeto privilegiou ainda tecidos sustentáveis, produzidos a partir de sobras e retalhos, além de ventilação e iluminação naturais, favorecidas pela integração dos ambientes.

8. [meu.coração.queima], Jeferson Branco

 

Continua após a publicidade

[meu.coração.queima] Jeferson Branco CASACOR Santa Catarina sc Florianópolis 2021 quarto cama

 

Continua após a publicidade

O projeto do [meu.coração.queima] retrata o morar brasileiro a partir das desigualdades sociais: objetos da cultura popular – como espelhinho de moldura laranja, filtro de água de barro e cobogós – se misturam a peças de design renomado e sofisticado, provenientes de marcas escolhidas por comprovarem responsabilidade socioambiental.

Nos 51 m², parte do piso e paredes foi revestida com cerâmica terracota. “Após a mostra, todo o material será moído para ser transformado em tijolos ecológicos que doaremos a famílias carentes”, conta Jeferson Branco, revelando a parceria com a empresa catarinense EcoMáquinas.

Serviço: CASACOR Santa Catarina CASACOR SC 2021 | Florianópolis

 

Continua após a publicidade

Período: de 18 de julho a 29 de agosto

Horário: de terça a sábado das 13h às 21h; domingos e feriados, das 13h às 19h

Local: Espaço +UM – Rodovia José Carlos Daux – SC 401- 6883 e 6977

Telefone: (48) 99938-3894

Ingressos e agendamento de visitas: https://casacorsantacatarina.byinti.com

De terça a sexta-feira:

Ingresso inteiro: R$ 65,00

Meia entrada: R$ 32,50

Fim de semana:

Ingresso inteiro: R$ 70,00

Meia entrada: R$ 35,00

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade