Por dentro de alguns dos famosos escritórios de arquitetura de São Paulo

O fotógrafo Marc Goodwin visitou 20 estúdios paulistas para sua série que reúne escritórios em todo o mundo; Paulo Mendes da Rocha foi um dos destaques

Por Yeska Coelho Atualizado em 18 fev 2021, 11h53 - Publicado em 15 fev 2021, 08h00

À frente do estúdio Archmospheres, o fotógrafo Marc Goodwin foi o responsável por abrir as portas e capturar de forma espontânea os bastidores de como grandes escritórios de arquitetura em São Paulo funcionam.

BNA Transversal 2SMC Planomotor SG Arquitetura
BNA Transversal 2SMC Planomotor SG Arquitetura/CASACOR

São Paulo foi escolhida para fazer parte do projeto de Goodwin que tem o propósito de documentar diferentes estúdios de arquitetura no mundo. Ao chegar na capital paulista, o fotógrafo já havia passado pelo Panamá, Cidade do México e Los Angeles.

Entre os 20 escritórios visitados na cidade é possível destacar alguns de grande renome e tradição como o do arquiteto Paulo Mendes da Rocha, o Studio MK27 de Marcio Kogan e a FGMF Arquitetos.

Em relação a localização dos escritórios, o fotógrafo não teve tanta dificuldade na hora de se deslocar. “Os estúdios estão quase todos a poucos quarteirões uns dos outros no bairro de Higienópolis, que é uma espécie de museu vivo do modernismo. Acho que isso mostra o quão unida a comunidade arquitetônica está lá”, afirma Goodwin.

Conheça o escritório de Paulo Mendes da Rocha

Um dos mais conceituados escritórios de arquitetura no Brasil, o estúdio ocupa o espaço desde 1979. Paulo Mendes foi encontrado exatamente como o registro mostra: com uma maquete na mão e um sorriso no rosto.

Continua após a publicidade

“Ele era incrivelmente jovem para um homem de 90 anos (hoje Paulo Mendes possui 92)”, disse Goodwin. “Tenho certeza de que ele tem mais energia do que eu e falava sem parar sobre vários de seus projetos, andando pela sala para apontar e escolher diferentes modelos para explicá-los junto com fatos técnicos intercalados com anedotas espirituosas.”

Paulo Mendes da Rocha
Paulo Mendes da Rocha/Foto: Marc Goodwin/CASACOR

No estúdio de Paulo Mendes podemos perceber um aspecto bastante simplista com arquivos ao longo de todo o espaço, mesas extensas para os desenhos e lâmpadas distribuídas.

De maneira geral, Godwin percebeu uma atmosfera simplista nos escritórios paulistas. Muitos deles com tetos e vigas de concreto exposto e paredes pintadas de branco.

“Os espaços foram despojados e funcionais, talvez refletindo a desaceleração econômica e a crise política que o país atravessa”, acrescentou. “Cada pessoa com quem me encontrei expressou grande preocupação com o futuro do Brasil.”

A seguir, confira as imagens dos 20 estúdios visitados pelo fotógrafo.

Continua após a publicidade
Publicidade