Praça das Artes aproxima pessoas, natureza e arquitetura na CASACOR SP

Elementos do modernismo de Brasília, como os cobogós e os azulejos inspirados em Athos Bulcão, se destacam no ambiente de Roberto Riscala

Por Luciana Andrade Atualizado em 17 fev 2020, 16h33 - Publicado em 31 jul 2019, 16h03
Evelyn Müller/CASACOR

Na edição 2019 da CASACOR São Paulo, a Praça das Artes de Roberto Riscala cumpre um papel importante. O espaço ocupa um eixo que conecta vários ambientes da mostra, tornando-se lugar de convivência e uma pausa estratégica no percurso do visitante.

“Pensei em uma praça tropical, gostosa, para sentar e contemplar. E também para ser um momento de lazer, aproveitando a arte, a inspiração, as plantas, os cheiros, as cores e a luz”, resume o arquiteto paisagista, em sua 26ª participação em CASACOR.

Evelyn Müller/CASACOR

O primeiro elemento que salta aos olhos é a farta composição de plantas tropicais, ainda mais valorizadas diante das paredes brancas. Uma delas é formada pelos cobogós de cimento, desenhados por Zanini de Zanine. O que já chama a atenção para a onipresença da arte e do design.

O olhar também encontra peças marcantes revestidas de azulejos geométricos. São bancos e até totens com tomadas para celular que se tornam obras de arte para serem usufruídas pelo visitante.

Para criar os azulejos, uma empresa recapturou os antigos desenhos de Athos Bulcão. Evelyn Müller/CASACOR

A inspiração vem das criações magistrais do artista Athos Bulcão, com a aplicação de painéis e azulejaria nas construções de Brasília, na década de 1960. Sua visão que integrava arte e arquitetura é evidente na Praça das Artes, bem como nos grafismos abstratos. E também desperta para o caráter acessível e urbano da arte, que pode ser funcional e compartilhada com um público maior, a céu aberto, para além das galerias e museus.

Evelyn Müller/CASACOR

O piso também não passa despercebido. As placas cimentícias formam uma paginação com triângulos recorrentes, alternando preto e branco. As cadeiras em fibra são ideais para ambientes externos. Além de um convite permanente a descansar e contemplar este encontro entre natureza, arte e arquitetura.

Evelyn Müller/CASACOR

SERVIÇO CASACOR SÃO PAULO 2019

QUANDO?

De 28 de maio a 04 de agosto

Terça a sábado: das 12h às 21h

Domingos e feriados: das 12h às 20h

Continua após a publicidade

ONDE?

Jockey Club de São Paulo – Avenida Lineu de Paula Machado, nº 1075 – Cidade Jardim

QUANTO?

De terça a quinta-feira:

Ingresso inteiro: R$ 64

Meia-entrada: R$32

De sexta a domingo e feriados:

Ingresso inteiro: R$ 80

Meia- entrada: R$40

Valet: R$ 40

Gratuidade: Crianças até 10 anos.

As vendas dos ingressos para São Paulo estão disponíveis no site: casacor.byinti.com

Continua após a publicidade
Publicidade