Artboard Created with Sketch.

Rossana Orlandi cria um mar de plástico em Milão

Este ano a galerista italiana convida o público para uma imersão entre plásticos reciclados e projetos experimentais

 (Divulgação/CASACOR)

Rossana Orlandi, uma das mais famosas galeristas de design e caçadoras de talentos de Milão, se dividiu entre dois espaços na Milan Design Week 2019. Este ano, a curadora circula entre sua histórica galeria na Via Bandello e a Ro Garage.

 (Divulgação/CASACOR)

O segundo é um espaço montado não muito distante (C.so di Porta Vercellina 15) para sediar os projetos selecionados para o Prêmio Ro Platic, lançado no ano passado para selecionar as melhores criações de plástico reciclado de todo o mundo, divididos nas categorias de design, têxteis, embalagens e ideias inovadoras. Na entrada, uma instalação do artista Arsenio Rodriguez: um mar de plástico, reproduzido com centenas de garrafas PET cortadas e recompostas para criar uma paisagem subaquática.

 (Divulgação/CASACOR)

Mas o plástico também é o protagonista nos espaços da galeria, onde artistas e designers têm exibido suas mais inovadoras criações por anos. Entre as obras expostas, o jovem Diederik Schneemann, por exemplo, que cria vasos e molduras de espelhos com borracha recuperada nas margens do leste da África, ou pinta à mão Smurfs de plástico e os recompõe na forma de um vaso.

O artista Olivier Goka criou uma série de esculturas inspiradas em obras de museus de arte étnica africana e feitas com objetos de plástico reciclado, dos cabides às carcaças dos eletrodomésticos. O espanhol Alvaro Catalán de Ocón também está na exposição, exibindo a coleção de mesas Terrazzo Alhambra, inspirada no estilo pós-moderno do grupo Memphis, feito com uma mistura de garrafas de vidro, mármore, cimento e resina colorida.

 (Divulgação/CASACOR)

E, sobre o tema da sustentabilidade, o resultado da parceria de Sunbrella, Liz Collins e Ligne Roset, que apresentam revestimentos de parede e o mobiliário, criado pela artista americana Ligne Roset reciclando resíduos de processamento de tecelagem da Sumbrella.

 (Divulgação/CASACOR)

Sustentabilidade de um lado e pesquisa experimental de outro: o Studio Mandalaki apresenta uma projeção de luzes, sobre o processamento de acrílico pela jovem marca coreana This Isnt, sobre a oxidação de metais pelo designer japonês Yuma Kano e sobre a dobragem de chapas de metal pela NOV Gallery . E novamente Catalán de Ocón exibe decoração de cerâmica com malha de arame de cobre.

 (Divulgação/CASACOR)

Espalhadas pelo espaço ainda estão as instalações do Anotherview, de Marco Tabasso, Robert Andriessen e Tatiana Uzlova: janelas animadas por vídeos que reproduzem cenários tropicais, paisagens bucólicas ou vistas urbanas.

Onde?

Via Matteo Bandello 14/16 + C.so Porta Vercellina 15, Milano

Quando?

De 9 a 14 de abril

Mais informações

rossanaorlandi.com

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.