Da CASACOR para as ruas: conheça a arte do grafiteiro Bieto

As obras do grafiteiro são destaque em diversos pontos da cidade. Conheça algumas delas abaixo:

Por Ana Carolina Harada - Atualizado em 17 fev 2020, 16h43 - Publicado em 21 dez 2018, 14h47
Vila Butantã Reprodução/CASACOR

Quem passou pela CASACOR São  Paulo 2018 pode contemplar e conhecer o trabalho de alguns talentosos grafiteiros, cuja arte foi inserida nos ambientes. Dentre eles, destacava-se a obra do artista Bieto, que trazia cor e movimento à fonte do espaço Paisagens de Luz, assinado pelo escritório Plantar Ideias.

Ambiente Paisagens de Luz, do escritório Plantar Ideias, na CASACOR SP 2018 Reprodução/CASACOR

Bieto começou a expressar suas linhas nos muros do bairro do Ipiranga, ainda em 1998, inspirado por nomes como Tinho, Vitchê, Os Gêmeos e Speto. Hoje, formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Cásper Líbero, dedica-se à pintura e ao grafite como formas de produzir imagens ousadas e questionadoras, além de instalações luminotécnicas e com som. 

Museu de Energia de São Paulo Reprodução/CASACOR

É possível encontrar sua assinatura em diversos marcos urbanos da cidade de São Paulo, como o CCSP, Vila Butantã, Itaú e Museu da Energia.

O mais recente trabalho do grafiteiro no prédio do Itaú Reprodução/CASACOR

Seus grafites são facilmente identificáveis pelas combinações de cores vivas e fluidas, assim como pela presença marcante das curvas. Juntas, essas duas características produzem um efeito psicodélico e cativante para o observador, que pode se perder na explosão dinâmica de tonalidades.

Teia Multicultural Reprodução/CASACOR

Bieto foi responsável por idealizar o primeiro grafite de LED do Brasil, localizado na Vila Butantã. A intervenção foi feita em parceria com a Brilia e o engenheiro de luz Fabio Stasiak. Ali, fitas e luminárias de LED foram usadas para dar movimento às formas orgânicas e vibrantes.

Continua após a publicidade
Publicidade