Artboard Created with Sketch.

Milão 2019: empresa suíça lança tecido feito da fibra de bananeiras

A trama é bastante resistente, impermeável e pode substituir o uso do plástico em alguns produtos

 (Divulgação/CASACOR)

Além de dar frutos deliciosos, pesquisadores descobriram que a bananeira pode ajudar a produzir tecidos. E mais: que isso pode ser feito de um modo sustentável e substituir boa parte do plástico usado pela indústria hoje em dia. Tudo começou com a empresa suíça QWSTION, que desenvolveu o material para criar uma de suas coleções de mochilas.

 (Divulgação/CASACOR)

Os designers e pesquisadores da marca ficaram tão satisfeitos com a performance do novo tecido que resolveram montar uma instalação, batizada de Shelter, e lançar o Bananatex® durante a Semana de Design de Milão, que vai acontecer em abril. A ideia é apresentar o potencial da fibra para arquitetos e designers. Este novo material, inclusive, foi concebido em código aberto (ou seja, liberado para outras empresas) com o objetivo de incentivar marcas de todo o mundo a usá-lo em seus produtos.

 (Divulgação/CASACOR)

Depois de quatro anos de trabalho, os pesquisadores da QWSTION atestam que o tecido é impermeável e tem boa durabilidade. Além disso, é totalmente biodegradável, o que torna o material um forte candidato a substituir o plástico, o vilão do meio ambiente, principalmente em peças de mobiliário para área externa.

 (Divulgação/CASACOR)

Para desenvolver o Bananatex®, a QWSTION contou com a colaboração de especialistas em tecidos e tecelões, que são parceiros da marca, de Taiwan. Já as bananeiras, de onde foram retiradas as folhas, são cultivadas nas Filipinas em um ecossistema natural de agricultura sustentável. Assim, a planta não requer nenhum tipo de tratamento químico, como pesticidas, por exemplo, ou uso excessivo de água. Outra característica relevante do tecido é sua maciez, leveza e flexibilidade, o que permite aos designers utilizá-lo em muitas versões. Para o acabamento, ele recebe uma cera natural, que não altera a cor e garante resistência à água.

 (Divulgação/CASACOR)

Segundo os representantes da marca QWSTION, o uso excessivo do plástico foi o que os motivou a encontrar uma alternativa de material. Há 40 anos o plástico oferece possibilidades ilimitadas para o design de qualquer coisa e possibilita uma produção a preços acessíveis. Apesar disso, seu acúmulo, principalmente nos oceanos, tornou-se um imenso problema para a humanidade, pois apenas 9% dos produtos feitos de plástico são reciclados. Soluções como esta são mais do que necessárias e urgentes para que o consumo seja mais consciente e sustentável.

 (Divulgação/CASACOR)

Se você estiver com passagem marcada para Milão, anote na agenda: Shelter, a Installation by QWSTION. Na Alcova, via Popoli, 11-13, de 9 a 14 de abril, das 11h às 19h.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.