IKEA se une a artistas LGBTQIA+ para criar sofás do orgulho

Os sofás, poltronas e namoradeiras da linha têm por objetivo celebrar a identidade e compartilhar histórias de amor reais de membros da comunidade

Por Redação Atualizado em 8 jul 2021, 12h22 - Publicado em 9 jul 2021, 16h00
poltronas do orgulho ikea artistas lgbtqia+
IKEA/CASACOR

Para celebrar todo o espectro de diversidade que reside dentro da sigla LGBTQIA+, a gigante de decoração IKEA do Canadá se uniu a artistas individuais ativos na comunidade para criar “poltronas de amor”, inspiradas nas bandeiras de orgulho de diferentes identidades da comunidade LGBTQIA+.

poltronas do orgulho ikea artistas lgbtqia+
IKEA/CASACOR

Os sofás, poltronas e namoradeiras da linha passam mensagens por vezes lúdicas, em outras didáticas, que têm como objetivo celebrar a identidade e compartilhar histórias de amor. Dessa forma, cada trabalho ganha uma capa única que, embora não esteja disponível para compra, busca promover uma narrativa autêntica e íntima – seja sobre amor-próprio, amor romântico ou amor pela comunidade em geral.

poltronas do orgulho ikea artistas lgbtqia+
IKEA/CASACOR

A série espera desencadear uma conversa sobre o tema e inspirar membros da comunidade a abrir seus próprios diálogos. As poltronas da IKEA foram criadas por quatro designers, três dos quais se identificam como queer e um deles é um aliado da comunidade LGBTQIA+.

poltronas do orgulho ikea artistas lgbtqia+
IKEA/CASACOR

Claudia Mayne, diretora de comunicações de marketing da IKEA Canadá, comenta: “esta parceria é uma forma de ajudar artistas em diferentes comunidades a expressarem-se em uma grande plataforma. Cada um dos ‘sofás do amor’ foi projetado em colaboração com um membro da comunidade e se inspirou nas cores e no significado pessoal da bandeira correspondente. Cada designer teve a liberdade de criar uma peça de arte única”.

poltronas do orgulho ikea artistas lgbtqia+
IKEA/CASACOR

Jules Reeves, uma mulher trans que participou da campanha junto de seu parceiro Michael, comenta: “significa muito para nós o foco da campanha ser o nosso amor por nós mesmos e pelos outros, porque esse amor é o que desperta o sentimento de casa e pertencer à comunidade queer”.

 

Fonte: Designboom

Continua após a publicidade
Publicidade