As casas monocromáticas da Hermès na Semana de Design de Milão

A instalação traz sete casas que promovem uma experiência imersiva e apresenta as novas coleções da marca

Por Alex Alcantara Atualizado em 18 fev 2020, 07h51 - Publicado em 20 abr 2018, 19h16
Reprodução/CASACOR

Dentro do La Permanente Museum, na Via Turati 34, durante a Semana de Design de Milão 2018, a Hermès promove aos visitantes do maior evento de design do mundo uma imersão em sete casas monocromáticas e monolíticas que apresentam a nova coleção da marca de uma forma totalmente diferente.

Reprodução/CASACOR

O projeto é resultado da união de Charlotte Macaux, diretor artístico da Hermès Maison, com o curador Alexis Fabry, que antecipa o lançamento das cores das novas coleções 2018-2019. Já a cenografia foi projetada por Hervé Sauvage, onde 150.000 zelliges, azulejos marroquinos de cores vibrantes, remetem à hammams e dão um toque oriental ao espaço.

Reprodução/CASACOR

Cada espaço tem uma metragem diferente, alguns são mais impressionantes, altos e estreitos, outros mais íntimos, em um jogo de perspectivas que evoca uma cidade tribal antiga, além de receber elementos decorativos e funcionais de um lar.

Reprodução/CASACOR

Na entrada da instalação, um espaço de café – também equipado com blocos cobertos de azulejos coloridos – dá aos visitantes a oportunidade de descobrir a nova coleção de talheres, intitulada A Walk in the Garden, decorada com desenhos do artista irlandês Nigel Peake.

Reprodução/CASACOR

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade