Senseful Space desafia o olhar humano na CASACOR Miami 2018

Assinado por Sandra Diaz-Velasco, o lounge todo é composto por contrastes e justaposições

Por Fernanda Drumond Atualizado em 17 fev 2020, 16h44 - Publicado em 18 dez 2018, 10h50
Kris Tamburello/CASACOR

A arquiteta colombiana Sandra Diaz-Velasco, do escritório Eolo, assina o Senseful Space na CASACOR Miami 2018. Um traçado de LED moderno atrai o visitante para o espaço a partir do lobby do elevador. O espaço todo é composto por curvas e arcos, que interagem em uma justaposição estimulante contra ângulos limpos e nítidos, enquanto a luz natural e uma brincadeira com a paleta contemporânea gera profundidade e geometria.

Kris Tamburello/CASACOR

Um banco curvilíneo sob a janela emerge organicamente, oferecendo aos hóspedes uma vista deslumbrante enquanto participa de uma interação inesperada com a arquitetura interior. Em todo o espaço, as expectativas são subvertidas: piso que desafia o hóspede a andar sobre ele, uma estátua grega que atravessa a estante de livros, um local específico onde você pode sussurrar e ser ouvido em todo o espaço. O local responde e desafia todos os sentidos, enquanto convida a curiosidade lúdica.

Kris Tamburello/CASACOR

O design deste lounge baseia-se em contrastes. Curvas orgânicas compensam bordas duras; as áreas verdes acabam com acabamentos de alta tecnologia, como os pisos superficiais ultracompactos, o revestimento de parede de fibra de vidro e os painéis de acrílico rosa.

Kris Tamburello/CASACOR

Concebido como parte do loft de um executivo, o quarto apresenta itens de design, como a mesa de café da Zaha Hadid, e a cadeira de lounge Toyo Ito Suki. Obras de arte intensificam a oposição do natural e do humano. As peças incluem as esculturas abstratas blobby de Andrea Nhuch e o mais realista Monumento ao Jacaré, de Jenna Efrein.

Continua após a publicidade
Publicidade