Livro que retrata as obras de Jean Gillon é lançado pela Editora Olhares

Jean Gillon, criador da Poltrona Jangada, é homenageado no livro e suas obras podem ser conferidas em exposição no MCB até 12 de dezembro

Por Yeska Coelho 29 set 2021, 15h00

A genialidade do arquiteto e designer Jean Gillon, um dos grandes nomes do modernismo que criou a famosa “Poltrona Jangada“, inspirou a criação de um livro lançado pela Editora Olhares. Escrito por Enock Sacramento, Giancarlo Latorraca e Graça Bueno, a obra conta a história de vida do artista e de seus trabalhos.

Capa Jean Gillon
Divulgação/Editora Olhares/CASACOR

Batizado de “Jean Gillon: artista designer”, o livro explora o caráter multidisciplinar do trabalho de Gillon – da apresentação dos móveis e objetos em jacarandá do período moderno até as tapeçarias artísticas de temáticas tropicais. O arquiteto foi responsável por trazer uma nova expressão do modernismo para o Brasil, e toda essa história é contada na obra. 

O livro contou com Graça Bueno, galerista da Passado Composto Século XX, que tem a guarda do acervo de Gillon e se debruçou sobre ele nos últimos anos para ligar os pontos de sua história, para criar a cronologia e fazer a introdução da obra. Além dele, Giancarlo Latorraca, Diretor Técnico do MCB e doutorando no programa de design da FAU-USP, ficou responsável por contar sobre as “vidas profissionais” de Gillon, especialmente sobre a produção de mobílias para o mercado exterior nos anos 1960 e 1970.

cloud-nine-gabriel-bordin-santa-catarina-florianópolis-2019-fábio-jr-severo
Poltrona Jangada no espaço Cloud Nine assinado por Gabriel Bordin na CASACOR Santa Catarina | Florianópolis 2019. Fábio Jr. Severo/CASACOR

Outro grande nome que contribuiu para a criação do livro foi Enock Sacramento, crítico de arte e amigo pessoal de Gillon, que ficou responsável por fazer a análise das manifestações artísticas, como também das técnicas utilizadas pelo modernista – caricatura, desenho, pintura, escultura, gravura, cenografia e tapeçaria estão nessa lista.

O livro sobre Jean Gillon traz o portfólio das principais obras do arquiteto. São mais de 400 imagens fotografadas por Ruy Teixeira. Na capa, a Poltrona Jangada ganha um lindo destaque à beira mar. Você pode comprar tanto no site da Editora Olhares, como também em sites de venda parceiros (como Amazon).

Sobre Jean Gillon

 

Continua após a publicidade
Dado Castello Branco cria casa de pedra e vidro integrada à natureza
A poltrona Jangada na Casa Flamboyant, projeto de Dado Castello Branco para CASACOR São Paulo 2015. Fran Parente/CASACOR

Jean Gillon é um dos principais nomes quando pensamos em design brasileiro, mas a verdade é que o arquiteto nasceu na Romênia e começou nas artes durante a adolescência. Ele deixou o país para fugir das ameaças nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, e viveu em Israel, que foi onde conseguiu se desenvolver como artista, cenógrafo e arquiteto de interiores entre 1940 a meados de 1950.

Ele veio para o Brasil atraído pela arquitetura moderna brasileira, nos anos 1950. Ele se estabeleceu e criou a loja “Adorno”, com filiais abertas em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Exposição de Jean Gillon no MCB

 

Continua após a publicidade

Além do livro que foi lançado recentemente, o Museu da Casa Brasileira (MCB), em São Paulo, está com uma mostra para homenagear e divulgar o trabalho de Gillon, reunindo móveis, tapeçaria, adornos decorativas, obras de arte e fotografias tiradas do acervo pessoal do artista. A visitação pode ser feita até 12 de dezembro.

Ingressos: R$ 15 e R$ 7,50 (meia-entrada) Entrada gratuita às terças-feiras.

Visitação: De terça a domingo, das 10h às 18h – até 12 de dezembro.

Continua após a publicidade
Publicidade