Artboard Created with Sketch.

Hyper Nature: a experiência da Maison Perrier-Jouët com Bethan Wood

Em uma visão singular do mundo, Bethan apresenta a Hyper Nature, uma árvore cujas curvas, pétalas e cores foram inspiradas em uma jornada a Champagne

 (Divulgação/CASACOR)

Durante a Miami Art Week, todo o mercado de arte e de design é palco para novas experiências e produtos. Cada marca e profissional aproveitam o momento para lançarem tendências e bens, além de promoverem imersões e conceitos mil. Nesta vertente, a empresa de champanhe Maison Perrier-Jouët convidou a exuberante designer Bethan Laura Wood para uma instalação onde todos os sentidos são explorados através da arte, cores e paladar.

 (Divulgação/CASACOR)

Em uma visão singular do mundo, Bethan apresenta a Hyper Nature, uma árvore cujas curvas, pétalas e cores foram inspiradas em uma jornada a Champagne, na França, há alguns meses. A designer imergiu na Art Nouveau, onde sua paleta de referências foi enriquecida pelo universo floral do movimento artístico.

 (Divulgação/CASACOR)

Além do design tangível, a Hyper Nature é uma experiência do champanhe em si: um novo ritual de degustação. “Eu queria destacar as ocasiões luxuosas e memoráveis nas quais bebemos champanhe, aprimorando um elemento de fantasia dentro do ritual de degustação. Também procurei um equilíbrio entre o impressionante impacto visual da árvore e a delicadeza do ritual de degustação de champanhe Perrier-Jouët ”, explica a designer.

 (Divulgação/CASACOR)

A instalação está dentro do EDEN by Perrier-Jouët: uma experiência efêmera e imersiva, no Faena Hotel. A mostra conta com o tema “Art of the Wild”, que tem como intuito apresentar “o universo extravagante e reencantar o cotidiano através da presença de natureza desenfreada”. A iniciativa busca ainda aprofundar o relacionamento da marca com a arte e a natureza, exibindo um mundo inesperado e alegre, onde a natureza se revela em toda sua liberdade e exuberância.

 (Divulgação/CASACOR)

O Eden by Perrier-Jouët conta também com artes gráficas criadas por Luftwerk, além de uma jornada imersiva de realidade virtual, que começa no coração da natureza magnética da “Art of the Wild” e leva os convidados à exploração das adegas da marca em Epernay, Champagne. Para encerrar, uma cabine fotográfica no mesmo estilo foi instalada, para capturar destaques das festividades.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.