Artboard Created with Sketch.

DW: A relação da arte do tecer e da Alquimia em mostra da by Kamy

Em comemoração aos 30 anos, a marca lança a exposição Alquimia que traduz e retrata a trajetória da By Kamy durante esse período de tempo

(CASACOR/CASACOR)

A by Kamy comemora 30 anos em 2017 e para celebrar a data, durante o Design Weekend 2017, em São Paulo, a marca lança uma exposição coletiva com quatro artistas, que, através da sua arte, traduzem e interpretam a evolução da empresa no decorrer desses anos.

Com o intuito de representar a Alquimia dos processos e a relação deles com a arte do tecer, a by Kamy promove, entre os dias 8 e 13 de agosto, a mostra Alquimia, na loja Maison, localizada à Alameda Gabriel Monteiro da Silva. A exposição tem curadoria da arquiteta e designer têxtil Francesca Alzati e reúne Patricia Kattan, Le Cheng, Walter Goldfarb e Marcelo Borges.

Pessoas ímpares que perpetuam a história e resgatam a vontade pelo objeto de desejo, colocando a tapeçaria no lugar que ela merece. Alquimia é um convite à reflexão sobre os ‘Nós’ e suas amplas interpretações; as mudanças de padrões; a vontade de transformar o óbvio e o esquecido em beleza pura e em verdadeiros objetos de desejo

Francesca Alzati

As peças expostas são únicas e nunca vistas antes, e juntas, são um convite a apreciação e reflexão sobre a transformação que leva a um novo desejo e a simbologia do ‘Nó Sem Fim’ em suas amplas interpretações. O artista polaco-brasileiro Walter Goldfarb criou peças que vão além do conceito de arte, materializando fragmentos, documentos e a identidade de seu trabalho composto por linhas, retalhos e frações de obras que se transformam em novas peças. Para unir pintura e tear, o artista aplica processos complexos de alquimia usando lonas tingidas, agulhas, linhas e pedrarias, entre outros materiais. 

(Reprodução/CASACOR)

As obras produzidas para a exposição mostram uma composição visual que envolve muitas tramas, signos, cores, fragmentos, alegorias e subjetividades em mais de 20 itens. O conceito das peças abrange um vasto estudo e aprimoramento de técnicas desenvolvido por mais de duas décadas, sendo o foco a apresentação de parte desta sua alquimia, uma verdadeira paixão têxtil que une criatividade e técnicas num denominador comum entre o artista e a by Kamy.

(Reprodução/CASACOR)

Pela primeira vez no Brasil, Le Cheng traz obras que expressam o seu estudo estético e técnico de paisagens observadas a partir de experiências físicas ou mesmo psíquicas. Por meio de seus desenhos, que posteriormente tornam-se gravuras, Lin retrata a diferença entre os traços e os respectivos contornos de maneira minuciosa, bem como as diferentes formas de interpretar a paisagem notada. Para o Design Weekend desse ano, Lin traz um conjunto de gravuras e de tapeçarias que retratam com maestria a alquimia de sua arte. Uma oportunidade ímpar de adentrar no universo do seu processo de observação, concepção e finalização de cada obra.

(Reprodução/CASACOR)

Patricia Kattan traz para o DW 2017 um conjunto de obras concebidas para representação da Alquimia entre história, cultura e vivências, a partir de um questionamento sobre a posição do tapete no mundo contemporâneo. Ambientados no centro da casa, sendo eles receptores de memórias de fatos ocorridos, cada tapete gera sua própria história. A introdução dos metais nobres como o ouro, prata e o cobre em suas obras aproxima a cultura oriental à arte têxtil, instigando nosso olhar em relação a eles num processo de valorização e reconhecimento sobre a representatividade e conceitos dos tapetes nos dias de hoje.

(Reprodução/CASACOR)

As mesas Uomo e Donna, cujos nomes homenageiam Kamy e Francesca, foram criadas pelo designer Marcelo Borges para o Design Weekend 2017. Uomo, retangular, e Donna, redonda, representam a alquimia perfeita entre arte, design e os minerais. Dentro de sua pesquisa, Marcelo notou que ao longo da história a mesa não era apenas um objeto de valor estético, mas também um símbolo cultural importante. Em torno dela, os homens reuniam-se para compartilhar momentos relevantes, decisivos e místicos.

Dentro de sua pesquisa exploratória por um novo design, foi voltando-se ao passado e à singular história da by Kamy, que Marcelo Borges, encontrou sua inspiração na geometria dos tapetes: trazer a trama para ser esculpida no mármore foi o desafio do projeto. Marcelo desenha com exclusividade duas mesas repletas de detalhes artesanais que sublimam a riqueza da matéria-prima e de seu manuseio, explorando materiais clássicos de maneira singular e arrojada, como a preciosidade das pedras à fusão do metal, além da beleza dos desenhos geométricos.

Alquimia by Kamy –  DW!2017

QUANDO?

De 8 a 15 de agosto de 2017

ONDE?

by Kamy Maison – Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1.147 – Jd. Paulistano – São Paulo

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s