Artboard Created with Sketch.

Quatro restaurantes em Santa Catarina para apreciar o bom design

Arquiteto do elenco CASACOR, Gabriel Bordin é responsável por quatro projetos que melhoram a experiência gastronômica

Se um ambiente agradável e bem decorado é um fator importante na escolha de um restaurante, então este roteiro é para você. Projetos do arquiteto Gabriel Bordin, os quatro restaurantes listados levam propostas gastronômicas distintas à Santa Catarina, mas não abrem mão de um bom design.

La Belle, em Balneário Camboriú, é um mix de restaurante e casa noturrna.

La Belle, em Balneário Camboriú, é um mix de restaurante e casa noturrna. (Fábio Severo/CASACOR)

Em Balneário Camboriú, o tradicional restaurante-clube La Belle passou por uma grande reforma comandada pelo arquiteto. A planta foi dividida em três faixas paralelas, iniciadas na varanda com a vista para o mar, onde adentra pelo salão do restaurante e ainda pela pista de dança, conta Bordin, profissional do elenco CASACOR que projetou em 2019 o estúdio Cloud Nine na mostra em Florianópolis.

Renderização 3D do Noma Rooftop e James Pizza, que dá vista para a ponte Hercílio Luz.

Renderização 3D do Noma Rooftop e James Pizza, que dá vista para a ponte Hercílio Luz. (Divulgação/CASACOR)

Também na cidade, sob o cartão-postal da Ponte Hercílio Luz, fica o Noma Rooftop. Em um terraço que permite apreciar a vista logo e saborear deliciosos sushis, o restaurante seguiu uma paleta de rosa, presente nos tecidos dos estofados, forro e na grande bancada de cerâmica. No endereço, o nigiri de barriga com vieira crocante é indispensável.

A James Pizza divide o mesmo espaço e também leva assinatura de Bordin. Com décor aconchegante e moderno, a referência veio do bairro de Chelsea, em Londres. Uma grande mesa central demarca o espaço com ar descontraído.

 (Fabio Severo/CASACOR)

À beira do mar de Santo Antônio de Lisboa em Florianópolis, o Pargus é comandado pelo chef Nathan Oliveir e materializa o termo “pé na areia”. Inspirado pela Grécia, Bordin acolheu na paleta tons mais cinzentos e arenosos. Parte do mobiliário foi criado com madeira reaproveitada da CASACOR 2018 e cestos de palha invertidos fazem as vezes de luminárias.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.