O escritório Debaixo do Bloco assina a nova Galeria Almeida Prado

A nova galeria ocupa um espaço estreito de 13 m de comprimento por 4,5 m de largura que, apesar de ter uma metragem curta, não perde em conforto e beleza

Por Alex Alcantara Atualizado em 17 fev 2020, 16h41 - Publicado em 4 fev 2019, 14h21
Divulgação/CASACOR

A Galeria Almeida Prado precisava transferir sua sede de Brasília para São Paulo e, então, convidaram o escritório de arquitetura Debaixo do Bloco – do elenco CASACOR – para assinarem o novo espaço deles no bairro Jardins.

Divulgação/CASACOR

A nova galeria ocupa um espaço estreito de 13 m de comprimento por 4,5 m de largura que, apesar de ter uma metragem curta, não perde em conforto e beleza. O empreendimento se comunica com a rua que o acolhe, e se destaca por blocos de concreto pré-moldados, que cobrem toda a sua fachada, ao lado de muita vegetação na parede lateral e telhado.

Divulgação/CASACOR

O prédio é dividido em dois andares principais, que exibem as obras, além de um terraço com varanda, um banheiro e um escritório que pode ser um café, em um futuro. Separada da fachada principal, esse espaço é revestido com cobogos, que servem para destacar o volume ao referenciar os projetos residenciais de Brasília, onde esse recurso foi amplamente usado.

Divulgação/CASACOR

Uma escada central leva os visitantes de um andar para o outro, feita com placas apoiadas por um feixe central. No segundo andar, esse mesmo revestimento ganha uma outra funcionalidade ao ser vestida com telas de cortina amarela, que servem como uma superfície para exibir obras de arte. Uma grande janela funciona como uma vitrine e cria uma comunicação entre a rua e o espaço interno da galeria.

Divulgação/CASACOR

Em colaboração com Fabio Almeida Prado, proprietário da galeria, os interiores foram definidos por cores que fazem referência à marca da galeria: amarelo, preto e cinza. Ao invés de serem usados pregos, as estruturas são penduradas com correntes suspensas para permitir que sejam exibidas em alturas diferentes, sem danificar as paredes.

O projeto, denonimado Galeria 11 seis 1 foi reconhecido internacionalmente pelo designboom!

 

Continua após a publicidade
Publicidade