CASACOR SP: tecnologia, sustentabilidade e arquitetura resumem a SysHaus

O arquiteto Arthur Casas apresenta um sistema construtivo modular em pré-lançamento na mostra

Por Fernanda Drumond - Atualizado em 18 fev 2020, 07h45 - Publicado em 25 jul 2018, 18h03
Filippo Bamberghi/CASACOR

Arthur Casas apresenta o sistema modular SysHaus em seu pré-lançamento na CASACOR São Paulo 2018. A tecnologia desenvolvida por seu escritório tornou possível erguer uma casa de alto padrão em menos de um mês, com resíduos e consumo de água praticamente zero. Cada parte do projeto foi pensada exclusivamente com base nas necessidades e especificações, de modo extremamente eficiente e funcional, sem entulho e com tempo de execução reduzido.

Filippo Bamberghi/CASACOR

Com 200 m², a estrutura de pilares, vigas e parafusos de aço dispensa fundação e concretagem. Tudo é encaixado, do piso ao forro. Cerca de 90% dos componentes vêm da fábrica sob medida. Além disso, 100% dos materiais utilizados são recicláveis, e há uma cobertura verde, que contribui naturalmente para o conforto térmico e acústico, dando-se o máximo respeito à natureza em todos os processos da construção.

Filippo Bamberghi/CASACOR

Generosas aberturas permitem que a casa seja atravessada pela ventilação e luz natural, reduzindo o consumo de energia com iluminação e ar condicionado. Os móveis foram projetados em módulos, ou seja, assim como a estrutura da casa, podem ser montados em outra localidade. Outras peças de mobiliário, utilitários, acabamentos e até mesmo acessórios, como jóias, foram desenhados por Arthur em parceria com grandes empresas e indústrias nacionais – sendo a maior parte das peças lançamentos. O paisagismo da casa é de Renata Tilli, que optou por espécies que se adaptam ao clima de qualquer região.

Filippo Bamberghi/CASACOR

O método construtivo será comercializado também incluindo práticas sustentáveis do cotidiano.  Em todas as casas SysHaus serão instalados: o mecanismo de captação e reuso de água da chuva; um sistema de biodigestão, que transforma o lixo orgânico em gás para utilização na lareira e na cozinha, e em adubo para uso no jardim ou horta; e tomadas para veículos elétricos. O cliente também pode optar por painéis fotovoltaicos, que, por meio de seu sistema inteligente de monitoramento, usam ao máximo a energia solar. Estima-se que a construção poderá ser cedida em até seis meses, da concepção à entrega das chaves.

Filippo Bamberghi/CASACOR

SERVIÇO CASACOR SÃO PAULO 2018

QUANDO?

De 22 de maio e 29 de julho

Terça a sábado, das 12h às 21h

Domingo, das 12h às 20h

ONDE?

Jockey Club de São Paulo – Avenida Lineu de Paula Machado, 875

Continua após a publicidade

QUANTO?

De terça a quinta-feira:

Ingresso inteiro: R$ 60

Meia entrada: R$ 30

De sexta a domingo e feriados: 

Ingresso inteiro: R$ 76

Meia entrada: R$ 38

Passaporte Único: R$ 180

Valet: R$ 35

Continua após a publicidade
Publicidade