Continua após publicidade

Casa abraça a natureza e os animais silvestres da Praia do Forte, na Bahia

A residência criada pelo arquiteto Eliezer Ferreira tem a proposta de ser uma moradia de descanso para uma família com muita vida natural por toda parte

Por Giovanna Jarandilha
2 set 2022, 18h00
Casa Refúgio da Preguiça, na Praia do Forte, na Bahia. Projeto de Eliezer Ferreira, do escritório GAD Projetos de Arquitetura
(Tarso Figueira/CASACOR)

Localizada no Condomínio Praia Bella, na charmosa Praia do Forte, na Bahia, a Casa Refúgio da Preguiça ganhou este nome em homenagem à moradora que já estava instalada na área antes mesmo da construção ser realizada – uma preguiça.

Inspirada na natureza, a residência tem como propósito se integrar harmoniosamente ao ecossistema que a circunda, repleto de verde e animais silvestres. O projeto é assinado pelo arquiteto Eliezer Ferreira, do escritório GAD Projetos de Arquitetura.

Casa Refúgio da Preguiça, na Praia do Forte, na Bahia. Projeto de Eliezer Ferreira, do escritório GAD Projetos de Arquitetura
(Tarso Figueira/CASACOR)

Com mais de 330 m², a casa une o rústico ao contemporâneo ao combinar suas linhas retas com a maciça presença madeira em suas aberturas. Destaque também para o pergolado criado com painéis em Fórmica TS da Tidelli que, com recortes vazados, promovem um efeito de luz e sombra único e dão vida a movimentos orgânicos a partir da posição solar.

Casa Refúgio da Preguiça, na Praia do Forte, na Bahia. Projeto de Eliezer Ferreira, do escritório GAD Projetos de Arquitetura
(Tarso Figueira/CASACOR)

Na varanda, os espaços de descanso são formados por uma banheira de hidromassagem, pufes, mesa de apoio, aparador, vasos e – o grande destaque da composição – o balanço Pêndulo Ruy Ohtake.

Casa Refúgio da Preguiça, na Praia do Forte, na Bahia. Projeto de Eliezer Ferreira, do escritório GAD Projetos de Arquitetura
(Tarso Figueira/CASACOR)

O pergolado oferece proteção ao deck da área externa, em frente à piscina – que recebeu uma almofada flutuante. Neste espaço, o arquiteto criou pequenos lounges usando confortáveis poltronas Tulum, modulados Pucon e uma mesa Spool com cadeiras Kauai. Para dar funcionalidade aos espaços, adicionou mesa de apoio e de centro Biarritz, mesa de centro e garden seat Marina, mesa de centro multiuso Maui e um amplo ombrelone.

Casa Refúgio da Preguiça, na Praia do Forte, na Bahia. Projeto de Eliezer Ferreira, do escritório GAD Projetos de Arquitetura
(Tarso Figueira/CASACOR)
Casa Refúgio da Preguiça, na Praia do Forte, na Bahia. Projeto de Eliezer Ferreira, do escritório GAD Projetos de Arquitetura
(Tarso Figueira/CASACOR)

Outro ponto a se ressaltar do projeto é a integração dos espaços, como o gourmet e as salas de estar e jantar, que foi toda pensada para reunir a família e convidados em boas confraternizações.

Casa Refúgio da Preguiça, na Praia do Forte, na Bahia. Projeto de Eliezer Ferreira, do escritório GAD Projetos de Arquitetura
(Tarso Figueira/CASACOR)

O arquiteto Eliezer Ferreira trabalhou com uma paleta de cores em tons de azul, verde e nudes, como o areia, para o mobiliário. O objetivo foi criar uma residência de descanso para a família, com cores relaxantes e muito aconchego. “Nosso resultado final é uma casa com vida, da estrutura aos móveis, da natureza exuberante aos animais. É a casa da preguiça, do respiro, da convivência. É um lar”, finaliza o arquiteto.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade
Pular para o conteúdo