Arthur Casas: minimalismo e integração de espaços na Casa JY

A casa de verão contou com espaços abertos para incorporar a natureza ao projeto e ações sustentáveis para economia de recursos

Por Yeska Coelho Atualizado em 5 fev 2021, 07h50 - Publicado em 5 fev 2021, 07h47

Um espaço fresco, aconchegante em que a natureza protagonizou a decoração foi o resultado obtido com o projeto Casa JY, do arquiteto Arthur Casas.

Casa JY foi dividida em dois volume, sendo o superior abrigando suítes e área de lazer
Fernando Guerra/CASACOR

Localizada no interior de São Paulo, na Fazenda Boa Vista, a casa de verão foi construída para uma família com dois filhos adultos. Ela foi dividida em dois volumes: o térreo onde se encontra a área social, e o piso superior que acomoda três suítes, academia e uma sala de jogos.

Os 1.127 m² de área construída parecem ainda mais amplos quando se está no térreo. Isso acontece por uma escolha esperta do arquiteto Arthur Casas que abriu mão das paredes e investiu na integração total da área social com o exterior.

Integração entre a área social e externa com vista para piscina
Fernando Guerra/CASACOR

Apesar de bastante arejada e aberta, o arquiteto também se preocupou em garantir que a casa trouxesse mais privacidade para a família, preservando dessa forma as paredes do lado que fica exposto para a rua.

casa JY piscina na área externa
Fernando Guerra/CASACOR

O estilo minimalista eleito para a decoração foi uma boa pedida. Com uma vista exuberante para o lado de fora, a natureza se faz bastante presente no projeto e cria uma harmonia interessante com a área social. Enquanto a simplicidade das cores da parede e móveis mantém sobriedade, o verde do exterior dá vida ao local.

Continua após a publicidade
sala de estar com sofá branco, mesa de madeira e móvel de madeira separando o ambiente
Fernando Guerra/CASACOR

Para o arquiteto, o maior desafio encontrado na execução do projeto foi o de criar grandes balanços e vãos em uma estrutura muito esbelta. A solução foi usar os espaços entre os andares para criar vigas invertidas.

casa branca com piso superior preto e natureza abundante
Fernando Guerra/CASACOR

Um dos desejos do cliente era que seu imóvel se diferenciasse das residências da vizinhança. Para isso, o revestimento da fachada foi executado em alumínio cinza chumbo, que além de diferente, também exige pouca manutenção.

Ações sustentáveis no projeto de Arthur Casas

Investir em um espaço aberto garantiu melhor proveito da luz natural durante o dia. Enquanto isso, o paisagismo incorporou a natureza da melhor forma, fazendo com que  o local ficasse mais fresco.

amanhecer do sol na área externa da casa JY
Fernando Guerra/CASACOR

Um teto verde também se apresenta como exemplo de ação sustentável, e placas que captam a luz do sol para o aquecimento da água na residência também estão presentes.

teto verde em casa JY projeto de Arthur Casas
Fernando Guerra/CASACOR

Os decks são de madeira plástica, e a circulação cruzada de ar ajuda na redução do consumo do ar condicionado nos dias mais quentes.

Continua após a publicidade
Publicidade