Antigos armazéns em Pequim transformaram-se em um playground sensorial

Um aglomerado de antigos armazéns de grãos formam a base deste projeto assinado pela We Architech Anonymous (WAA)

Por Redação Atualizado em 2 mar 2022, 16h36 - Publicado em 4 mar 2022, 16h00
armazen antigo china playgroud
Divulgação/CASACOR

Uma divertida rede de grandes tubos contendo passarelas e pontes envolve este centro comunitário infantil em Pequim, na China. Assinado pelo escritório chinês We Architech Anonymous (WAA), um aglomerado de antigos armazéns de grãos formam a base do projeto, com o pátio em seu centro transformado em uma paisagem ondulante e estruturada em aço que cria uma série de novas interações.

armazen antigo china playgroud
Divulgação/CASACOR

“Pequim é uma cidade onde muitas crianças não têm acesso a um espaço ao ar livre adequado em sua localidade próxima”, disse a WAA. 

armazen antigo china playgroud
Divulgação/CASACOR

Recortes revelando espaços de jogo amarelos brilhantes, trampolins embutidos e uma série de montículos que podem ser escalados para acessar os telhados dos armazéns originais animam esta paisagem central, que também atua para costurar os edifícios anteriormente desconectados no local.

armazen antigo china playgroud
Divulgação/CASACOR

Dentro desses antigos armazéns há uma série de espaços de lazer para várias idades. Estes incluem espaços de rastreamento e áreas de escalada com tecidos pendurados, uma área de rede de tração suspensa e salas de aula para um aprendizado mais direcionado, bem como uma biblioteca e um restaurante.

Continua após a publicidade

armazen antigo china playgroud
Divulgação/CASACOR

“As crianças podem viajar do terraço sob o montículo através de escorregadores que variam em altura de sete metros a 4,3 metros”, descreveu o escritório. 

armazen antigo china playgroud
Divulgação/CASACOR

Esses tubos também funcionam para conectar os prédios do armazém de volta à área circundante, proporcionando acesso e vistas sobre um parque público adjacente.

armazen antigo china playgroud
Divulgação/CASACOR

Fonte: Dezeen

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade