Continua após publicidade

CASACOR São Paulo 2024: 75 projetos traduzem o tema “De presente, o agora”

Entre eles, cinco são instalações artísticas e um será montado pela 1ª vez em uma comunidade. 37ª edição fica em cartaz até 28 de julho no Conjunto Nacional

Por Nádia Sayuri Kaku
Atualizado em 3 jun 2024, 08h13 - Publicado em 18 Maio 2024, 07h46

A CASACOR São Paulo 2024 acontece entre 21 de maio e 28 de julho, no Conjunto Nacional, com o tema De presente, o agora. Este ano, a mostra ocupa um espaço de 9000 m² de área construída, com uma configuração totalmente nova para os visitantes, que poderão conhecer ainda mais de perto e desfrutar de bons momentos com vista privilegiada para a arquitetura do icônico edifício modernista, assinado pelo arquiteto David Libeskind (1928-2014).

O circuito tem 5 áreas dedicadas a exposições e instalações artísticas e 70 ambientes (incluindo o primeiro ambiente de CASACOR erguido em uma comunidade) entre 8 estúdios e lofts, 16 casas, 7 jardins, 6 operações de restaurante, bar e café, 5 banheiros unissex com espaço família, 4 lojas e operações comerciais, além de quartos, lavabos, salas de leitura, home office, home cinema, lavanderia, cozinhas, livings e até um espaço de coworking totalmente funcional, que poderá ser utilizado pelos visitantes.

Confira abaixo todos os projetos!

Plataforma cultural e de tendências

“A 37ª edição da CASACOR São Paulo aponta para um caminho mais diverso e conectado com a cultura brasileira, reunindo uma amplitude ainda maior de gestos criativos. A CASACOR se tornou um espaço de convivência, em que arquitetar relações humanas se torna o objetivo central”, explica André Secchin, CEO da CASACOR.

Ele aponta ainda que o evento deste ano vem para consolidar a posição da CASACOR como plataforma cultural e de tendências, reunindo um leque variado de patrocinadores. “Reunimos este ano 130 marcas patrocinadoras e estamos evoluindo em forma e conteúdo, com parceiros que hoje vão além do universo do morar e incluem marcas como JBS, Natura, Peugeot, Aviva e Diageo, além das tradicionais, como Deca, Coral, LG, Banco BRB e o cartão BRB CASACOR. Com tudo isso, nossa expectativa é de que a 37ª edição receba 125 mil pessoas ao longo das 10 semanas de exibição”, estima.

Melina Romano - Caminhos Portinari. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Melina Romano – Caminhos Portinari. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (MCA Estúdio/CASACOR)

Aplicativo CASACOR

A nova versão do aplicativo CASACOR terá uma funcionalidade de realidade aumentada, pela qual será possível fotografar as peças expostas nos ambientes e obter informações completas sobre elas a qualquer momento da experiência.

Continua após a publicidade

Além disso, todas as reservas em restaurantes e bares presentes no evento serão concentradas nesse mesmo app, para facilitar e otimizar ainda mais a visita, inclusive para quem quer desfrutar dos espaços de gastronomia presentes na edição, já que será possível, por meio da reserva prévia, ir a todos os bares e restaurantes sem passar por todo o circuito.

Johnny Viana Arquitetura - Colmeia com Mel. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Johnny Viana Arquitetura – Colmeia com Mel. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (MCA Estúdio/CASACOR)

De Presente, O Agora

De Presente, O Agora, tema proposto para a edição de 2024, convida a refletir sobre como as nossas decisões cotidianas impactam nas futuras gerações, afinal, sempre seremos ancestrais de alguém. Para transformar o tema e apresentar uma mostra que surpreenda a cada novo ambiente visitado, os curadores da CASACOR, Livia Pedreira, Pedro Ariel Santana e Cris Ferraz, convidaram um elenco poderoso, que esbanja criatividade e homenageia as mais diversas fontes das heranças culturais que formam o povo brasileiro, para responder a complexidade deste tempo.

Elenco 2024

 

Gisele Taranto Arquitetura - Memórias Deca. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Gisele Taranto Arquitetura – Memórias Deca. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (MCA Estúdio/CASACOR)

A edição de 2024 traz nomes consagrados no mercado como Fernanda Marques, Brunete Fraccaroli, David Bastos, José Roberto Moreira do Valle, Leo Shehtman e Rosa May Sampaio. A Deca, patrocinadora master de CASACOR, convida a arquiteta carioca – e parceira de longa data da marca – Gisele Taranto para assinar seu ambiente deste ano.

Já a Portinari trará para a CASACOR São Paulo mais uma arquiteta conhecida das marcas Dexco: Melina Romano, que já esteve à frente da Casa Alma Duratex, em 2021. Também da Dexco, a Duratex terá seu espaço criado pelo catarinense Marcelo Salum, cuja marca registrada são ambientes cheios de cores e brasilidade.

Paola Ribeiro - Casa Coral Lugar de Afeto. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Paola Ribeiro – Casa Coral Lugar de Afeto. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (MCA Estúdio/CASACOR)

A LG vem repleta de novidades em tecnologia com seu ambiente projetado pelo baiano Nildo José. As arquitetas Letícia Nannetti e Fernanda Rubatino completam o time escolhido para mostrar as novas tecnologias da marca. A Coral, nesta edição, aposta em outra carioca já muito conhecida pelo público de CASACOR, Paola Ribeiro.

Continua após a publicidade

Sempre buscando trazer diversidade de estilos e culturas, a mostra recebe profissionais de outros estados brasileiros. Aline Borges, José Navarro e Natan Gil representam o estado de Minas Gerais. O Rio de Janeiro marca presença com Adriana Valle e Patricia Carvalho e Studio Ro+Ca, além de Rodolfo Consoli, que estreia em São Paulo.

Viganó Arquitetura - Estúdio Laços da Arte. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Viganó Arquitetura – Estúdio Laços da Arte. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (Carolina Mossin/CASACOR)

Romário Rodrigues é natural do Ceará e o escritório PA Arquitetos (Pedro Alves, Ana Brandão e Amanda Zillig) vem de Alagoas para a mostra paulistana. A região sul também garante seu espaço com Gustavo Scaramella, do Paraná, Luciana Viganó, do Rio Grande do Sul e Luciana Bacheschi, de Santa Catarina.

O interior de São Paulo também terá forte presença com projetos assinados por Cacau Ribeiro, de Ribeirão Preto e Paulo Azevedo, de Bauru. Carla Felippi, de Santos, e Gabriel Fernandes, da Praia Grande, representam o litoral sul de São Paulo.

Flavia Burin e Bruna Moretti - Café Isabela Akkari. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Flavia Burin e Bruna Moretti – Café Isabela Akkari. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (Bia Nauiack/CASACOR)

Para construir alguns dos espaços dedicados à gastronomia, a CASACOR traz a expertise de Johnny Vianna, que assina o famoso restaurante Badebec. Flávia Burin e Bruna Monetti dão vida ao espaço da doceira Isabela Akkari e Gabriela Prado é responsável pela ambientação do Bar Caracol.

O elenco conta ainda com o arquiteto Renato Mendonça, que teve sua estreia em 2019 e atualmente é apresentador do programa “24 Horas para Decorar” no canal pago Discovery Plus. Ester Carro, destaque dentro e fora da mostra com foco em arquitetura social, apresenta pela primeira vez uma casa real, localizada no Jardim Colombo, que receberá visitação a partir de junho.

Continua após a publicidade
Laura Rocha - Living Piano Casa Cosentino. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Laura Rocha – Living Piano Casa Cosentino. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (Camila Santos/CASACOR)

O elenco tem ainda a turma da AD|VP Arquitetura, Bruno Moraes, Altera Arquitetura, Felipe e Eloy Fichberg, Ana Weege e Juliana Cascaes. Entre os estreantes da edição, temos Letícia Granero, Fragmento Arquitetura, Panapaná Estúdio, Gabriel Rosa, Studio Marca, Kesley Santiago, Mandril Arquitetura, Carol Miluzzi, Monik Santos, Sala2 Arquitetura, LP+A, Adriana Farias, Daniela Funari, Marina Salomão, Laura Rocha e Red Square Arquitetura.

Experiência CASACOR

Nesta edição, a novidade é que o visitante poderá ver diversos ambientes e acessar todos os espaços gastronômicos e lojas de forma gratuita, tanto no início (que dá acesso ao Bar Caracol, instalações de arte, jardim, bilheteria e lounge) quanto no final do percurso (mall completo, Bardega, Badebec e Ristorantino).

Fazendo um convite a viajar pelo tema, as boas-vindas à mostra se dá com a instalação em dois atos do amazonense Denilson Baniwa, artista visual e defensor dos direitos dos povos originários que, por meio de seus trabalhos, busca a construção de uma imagética indígena. Além de celebrar essa ancestralidade na CASACOR, este ano ele também integra a Bienal de Veneza como parte da equipe curatorial do pavilhão brasileiro.

Juliana Cascaes Galeria - Martins & Montero. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Juliana Cascaes Galeria – Martins & Montero. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (Camila Santos/CASACOR)

A aproximação com o universo das artes fica ainda mais evidente nesta edição. Pelo segundo ano consecutivo, a mostra apresenta uma galeria de arte operacional, com curadoria da equipe da Martins&Montero, formada pela dupla Jaqueline Martins e Maria Montero, com projeto da arquiteta Juliana Cascaes. O objetivo é destacar artistas brasileiros que deixaram sua marca na história por meio de práticas experimentais e explorar como essas influências reverberam na produção artística contemporânea.

Alexandre Salles, arquiteto e mestre em Semiótica Urbana pela FAU-USP, traz para a CASACOR 2024 a Ocupação Terreiro, inspirado na interação social dos quintais, tradicionalmente espaços de convívio no contexto do samba e do candomblé. Utilizando inteligência artificial, ele reinventa a materialidade do ambiente, incorporando elementos simbólicos, texturas e formas que evocam uma narrativa visual negra, destacando a cultura e a história afro-brasileira.

Continua após a publicidade
Instalação
Instalação “Ocupação Terreiro” de Alexandre Salles na CASACOR São Paulo 2024. (Bia Nauiack/CASACOR)

O projeto apresenta um terreiro contemporâneo, onde a terra batida e as paredes de taipa são transformadas em um espaço dinâmico e significativo, que convida os visitantes a explorar e refletir sobre a riqueza da herança cultural do Brasil.

Henrique Oliveira traz para a mostra a obra Memento Habilis (2023), uma instalação artística de formas orgânicas que se assemelham a vegetais e animais, sem, no entanto, se definir como tais. Feita a partir dos resíduos de madeira provenientes de tapumes e canteiros de construções, Oliveira desafia a dicotomia entre espaço natural e arquitetônico, entre natureza e humano.

Pedro Ariel Santana, que faz parte do time curador, também se junta a Rodrigo Ambrósio na exposição coletiva Ecos Armoriais, que reúne 25 artistas do sertão nordestino e que, 50 anos depois do início, mantêm viva a chama do Movimento Armorial, fundado por Ariano Suassuna em 1970, com a intenção de realizar uma arte autêntica brasileira baseada nas raízes populares. No acesso ao espaço, a ceramista piauiense Fátima Campos mostra duas novas obras das séries Casulos e Marimbondos.

A exposição na CASACOR traz artistas em atividade e une elementos ancestrais da cultura nordestina com uma linguagem contemporânea, criando poéticas que dialogam entre si e formam um panorama atual do nordeste, mostrando que a região é plural, viva e respeitosa com as suas tradições.

Espaços gastronômicos e lojas

 

Dani Guardini e Adriano Stancati - Ristorantino Caffè. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Dani Guardini e Adriano Stancati – Ristorantino Caffè. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (Israel Gollino/CASACOR)

A gastronomia, sempre celebrada na CASACOR São Paulo, traz de volta o buffet brasileiro do Badebec, a doceria saudável de Isabela Akkari e o moderno Bar Caracol. Entre os estreantes, estão o italiano Ristorantino e o Bardega, especializado em vinhos.

Continua após a publicidade

Haverá ainda um bar secreto presente no circuito 2024, mas assim como o nome sugere, a entrada será camuflada e exclusiva. Presente no evento já em 2023, este tipo de estabelecimento nasceu nos Estados Unidos e apresenta uma proposta intrigante de apreciar bebidas e petiscos em um espaço escondido, intimista e diferente de tudo o que se pode viver em um bar convencional. Na CASACOR São Paulo 2024, as operações do speakeasy serão do Guilhotina Bar.

Renata Patelli Arquitetura - Espaço Brennand. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Renata Patelli Arquitetura – Espaço Brennand. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (MCA Estudio/CASACOR)

No mall da CASACOR, a Livraria Unisaber terá uma seleção de livros de arte e arquitetura. A Gustavo Eyewear encanta com sua coleção de armações de óculos de grau e de sol. A Oficina Francisco Brennand retorna com sua seleção de cerâmicas e a estreia deste ano é da loja da Feira na Rosenbaum.

Acessibilidade

Desde 2016, a CASACOR São Paulo é um evento 100% acessível para pessoas com mobilidade reduzida. Este ano, o evento conta com a parceria da arquiteta Silvana Cambiaghi, da Design Universal Consultoria. Para atender a quem tem dificuldades de locomoção, todos os banheiros dispõem de cabines acessíveis, além de serem unissex e contarem com espaço família.

Há também uma série de gentilezas voltadas aos deficientes visuais e auditivos, como mapa tátil em braile, trajetos de piso tátil, aplicativo de tradução em libras em tempo real e visitas guiadas especialmente preparadas.

Panapaná Estúdio - Banheiro Sincrético. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Panapaná Estúdio – Banheiro Sincrético. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (MCA Estúdio/CASACOR)

Sustentabilidade e impacto social

Parte fundamental do DNA de CASACOR, a sustentabilidade continua sendo não apenas a maior tendência do segmento, mas a força motriz de toda a mostra, que tem alcançado níveis surpreendentes com seu programa de gestão de resíduos, que hoje tem a marca de 99,7% de reaproveitamento.

Além de adotar medidas como obra secas, economia e reutilização de recursos hídricos, economia de energia, coleta seletiva, programa de reciclagem e destino adequado para resíduos promovendo a economia circular, a mostra também realiza doações de materiais de construção resultantes do desmonte do evento para ONGs.

Studio Ro+Ca - Loft Celmar - 2064. Projeto da CASACOR São Paulo 2024.
Studio Ro+Ca – Loft Celmar – 2064. Projeto da CASACOR São Paulo 2024. (MCA Estúdio/CASACOR)

Nesta edição, a CASACOR São Paulo fará 100% de compensação para suas emissões de carbono, assim como nos dois anos anteriores, além de ter a certificação Lixo Zero há 8 anos. Outra ação será em parceria com a Pachamama, que atuará para a neutralização do impacto ambiental da mostra, do deslocamento dos visitantes que optarem pelo ingresso neutralizado, e pela compensação do impacto dos ambientes dos profissionais que voluntariamente submeterem seus projetos a uma avaliação de impacto e consequente compensação por meio dos ativos de conservação da floresta em pé.

A mostra também promove ações de impacto social. Para seguir com o apoio às ações do Fazendinhando, a CASACOR São Paulo irá doar para a ONG a quantia de R$1,00 a cada ingresso vendido na mostra deste ano.

Visitação e compra de ingressos

A CASACOR São Paulo mantém sua agenda de visitação programada, onde o visitante deve escolher o dia e a hora em que deseja visitar a mostra e no ato da compra. Haverá tolerância máxima de 15 minutos para entrada no evento. A venda de ingressos acontece por meio do aplicativo CASACOR, no site oficial da mostra ou na bilheteria do evento, mediante disponibilidade.

SERVIÇO – CASACOR São Paulo 2024

Onde: Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, 2073 – São Paulo (SP)

Quando: de 21 de maio a 28 de julho de 2024

Horário bilheteria:
Terça a sábado, das 12h às 20h
Domingos e feriados, das 11h às 19h

Horário de funcionamento:
Terça a sábado, das 12h às 22h
Domingos e feriados, das 11h às 21h

Bilheteria digital:
https://appcasacor.com.br/en/events/sao-paulo-2024

Valores dos ingressos:
R$ 111 – Inteira
R$ 56 – Meia-entrada

Compra de ingresso de meia-entrada: idoso a partir de 60 anos, estudante apresentando o documento válido com foto ou recibo de pagamento. Deficiente e seu acompanhante (conforme lei 12.933/13). A comprovação de meia-entrada será exigida na porta.

Publicidade
«