CASA Å LEVE prega o bem-viver segundo a arquitetura escandinava

Uma morada de 118 m² que abraça, a Casa Å LEVE de Gustavo Martins reflete sobre o sentido mais profundo do sentir-se bem e na máxima completude

Por Redação Atualizado em 27 out 2021, 16h02 - Publicado em 2 nov 2021, 10h00
Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Gustavo Martins – CASA Å LEVE. Renato Navarro/CASACOR

Desde sempre, o ser humano esteve em busca do seu abrigo: um lar que pudesse suprir as demandas físicas, acolher sua história e rotina, como também propiciar o descanso e a desconexão do mundo externo. E neste período que a humanidade atravessa, o significado do morar foi colocado em xeque e repensado: quais são os atributos que, de fato, transformam nossa casa em um refúgio?

É por meio dessa reflexão interior que o arquiteto Gustavo Martins, à frente do escritório que leva o seu nome, marca sua presença na tão aguardada CASACOR São Paulo 2021. O estúdio entitulado como Casa Å LEVE (viver, em norueguês) realiza uma imersão no décor escandinavo, suscitando os atributos que compõem as residências da população que vive na região Setentrional da Europa, em países como Noruega, Dinamarca, Finlândia e Suécia.

Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Alessandro Gruetzmacher/CASACOR

“Embora vivamos em um clima brasileiro com particularidades distintas, a leitura da essência escandinava se configura em uma proposta bastante interessante para responder ao novo sentido de reconexão com a casa que buscamos por aqui”, revela Gustavo Martins. Com área de 118m², o estúdio exalta a composição de espaços integrados em um mix de dormitório, banheiro, sala de estar, cozinha, sala de jantar e jardim que se unem através de uma decoração que encanta não só pelo visual, mas também pelas sensações suscitadas em cada ambiente.

Uma ode e aclamação à arquitetura escandinava

 

Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Alessandro Gruetzmacher/CASACOR

Na mostra, o arquiteto consegue traduzir os fundamentos do décor nórdico por meio de seus principais componentes, como a leveza e a praticidade que promovem um visual minimalista, mas que, em consonância, exprimem comodidade e uma atmosfera intimista. Ao enfatizar a neutralidade das cores, essenciais nesse estilo, Gustavo trabalhou com tons de cinza e bege, assim como a madeira clara, um dos materiais que protagonizam o projeto. A pedra é outro elemento que faz parte do projeto e foi representada pelo basáltico italiano que reveste o piso e a bancada e a área da cozinha.

Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Renato Navarro/CASACOR

“A luz natural também é um recurso muito valorizado nas residências escandinavas. Por isso, trabalhamos grandes aberturas na área social para aproveitar, ao máximo, a luminosidade”, ressalta. Além disso, o projeto luminotécnico se distingue por meio do design arrojado das luminárias que foram dispostas. Em um olhar que mescla o clássico com o contemporâneo, uma seleção de objetos se combina por todo estúdio.

Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Renato Navarro/CASACOR

No que tange ao mobiliário, as alturas mais baixas salientam um predicado muito distinto nas casas da região escandinava, assim como os traços rústicos que enaltecem o design forte das peças. Na busca por valorizar o contemporâneo, uma curadoria de artistas e designers nacionais e internacionais são representados em cada cantinho da casa por meio dos móveis e os objetos de decoração.

Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Renato Navarro/CASACOR

O projeto da casa começa pelo dormitório, um dos cômodos mais amplos do estúdio. No layout, um painel de madeira faceia a parede da cabeceira, dando formato a um nicho que expõe livros e objetos decorativos e que se prolonga como uma bancada para o home office. Centralizada, a cama estofada e rebaixada conta com as pontas arredondadas em suas extremidades é complementada por um móvel de madeira com acabamento rústico.

Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Alessandro Gruetzmacher/CASACOR

Logo a frente, uma esquadria com vidro texturizado foi eleita para separar o dormitório do banheiro e do closet. Em um desenho limpo, a bancada com a cuba de sobrepor foi responsável por demarcar os ambientes. De um lado, o relaxamento para o momento do banho é circunscrito pelo arco que antecede a banheira grafite. Do outro lado, um closet sob medida, executado em marcenaria claro, reforça a luminosidade.

Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Renato Navarro/CASACOR
Continua após a publicidade

O acesso para área social da residência, feito por um pórtico de madeira, cria uma delimitação quase imperceptível e privativa com a ala íntima. Neste local, Gustavo manteve o conceito nórdico ao empregar elementos naturais para compor o décor, com destaque para o banco de madeira rústico que apoia livros e um vaso.

Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Renato Navarro/CASACOR

Em conceito aberto, o social integra o estar, jantar e a cozinha propondo um diálogo cativante entre funcionalidade, design e arte. Logo na entrada, uma estante de serralheria é constituída por livros, vasos e pequenos quadros distribuídos nas prateleiras. Ao lado, a icônica poltrona Xibô de Sergio Rodrigues é um legítimo convite à contemplação.

Gustavo Martins - CASA Å LEVE, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Renato Navarro/CASACOR

Na continuidade, a mesa de jantar com as bordas arredondadas é acompanhada por cadeiras pretas e o design moderno do lustre posicionado ao centro. Bem setorizado, o estar é delimitado por um tapete em fibras naturais e um mobiliário pautado pela delicadeza das texturas e tons suaves que abrem espaço para a inserção pontual do rústico, como o banco preto e a poltrona de madeira de desenho simplificado.

Serviço CASACOR São Paulo 2021

 

Onde: Parque Mirante, (anexo ao Allianz Parque) – Rua Padre Antônio Tomás, 72

Quando: de 21 de setembro a 15 de novembro de 2021

Horário de funcionamento: segunda* a domingo, das 12h às 22h

* Consulte os dias especiais de abertura às segundas-feiras no site.

Bilheteria digital: https://casacor.byinti.com

Estacionamento no Local – Estapar
R$50 (período de 4 horas)
R$5 (por hora adicional)

Valores dos ingressos:
R$ 80 (Terça a Quinta) – Inteira
R$ 40 (Terça a Quinta) – Meia entrada
R$ 100 (Sexta Sábado, Domingo e Feriados)
R$ 50 (Sexta Sábado, Domingo e Feriados) – Meia entrada

Compra de ingresso de meia-entrada
– Idoso a partir de 60 anos
– Estudante apresentando o documento válido com foto ou recibo de pagamento
– PCD e seu acompanhante (conforme lei 12.933/13)
– Professor da rede pública e privada, apresentando o documento válido com foto
* Comprovação de meia-entrada será exigida na porta

Importante:
– Gratuidade de entrada para crianças com idade comprovada de até 10 anos
– 1 (um) CPF pode comprar no máximo 10 ingressos
– A partir de 5 ingressos, parcelamento em 2 vezes
– Venda Grupo: Compras acima de 10 ingressos ou por CNPJ, envie e-mail para ajuda@byinti.com

Continua após a publicidade

Publicidade