Como escolher o aroma ideal para casa? Especialista dá dicas!

Especialista em aromatização de ambientes da Mels Brushes dá dicas de como escolher a melhor fragrância para perfumar a casa

Por Redação Atualizado em 25 ago 2021, 16h45 - Publicado em 25 ago 2021, 15h00
la vie em fleur casa de aromas casacor florianopolis 2019
La Vie em Fleur – Cris Araújo e Linda Martins. CASACOR Santa Catarina 2019. A loja de fragrâncias foi pensada como um ambiente instagramável e monocromático. E o pantone Rose Quartz foi uma escolha certeira. Lio Simas/CASACOR

Para trazer conforto aos espaços internos, é preciso aguçar ao máximo os sentidos, seja no tato, no visual e também no apelo olfativo. Afinal, o conforto não está apenas associado ao mobiliário e à iluminação – os aromas também contam muito nessa equação.

É o que defende a especialista Scheila Gonçalves Froehner, uma das sócias à frente da Mels Brushes, que está presente na CASACOR Santa Catarina 2021. Ela compartilha cinco dicas para ajudar na hora de escolher a fragrância para a casa, confira!

1. A fragrância deve respeitar o estilo do morador

 

Continua após a publicidade

Assim como as cores escolhidas para decorar, pode-se dizer que a fragrância também desperta sensações diferentes conforme suas notas e intensidades. Por exemplo, moradores que optam por cores mais claras tendem a gostar de aromas mais frescos e leves, como o Dolce Vita e Alecrim Supreme.

Por outro lado, pessoas que apostam numa paleta mais escura, costumam escolher fragrâncias mais encorpadas, com notas de especiarias, madeira, couro como o Black Leather e Monet. Para ambientes com estilo romântico e provençal, uma ótima pedida são os aromas florais, que costumam agradar facilmente. As sugestões são Tulipa ou Cedro e Magnólia.

Casa de Aromas - Leandro Sumar. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.
Casa de Aromas – Leandro Sumar. CASACOR Santa Catarina 2021. No ambiente monocromático, não é possível distinguir cores e estilos, mas a harmonia entre os elementos usados é soberana. O espaço foi pensado para despertar e instigar sensações, sejam visuais ou olfativas. Lio Simas/CASACOR

2. Escolher a forma mais adequada de perfumar

 

Continua após a publicidade

Para perfumar um ambiente adequadamente, é preciso levar em conta informações como tamanho do cômodo, ventilação e fluxo de ar. Para estes casos, os Difusores de varetas são preferência da maioria das pessoas por conta da praticidade de perfumação contínua sem esforço: basta virar algumas vezes ao dia as varetas.

Os Difusores elétricos ou umidificadores são indicados para ambientes com cerca de 30 m2. Já o Home spray causa uma aromatização intensa por curto tempo e exige um pouco mais de esforço para manter o ambiente perfumado, sendo perfeito para momentos em que se deseja uma perfumação pontual.

Água para tecidos, como o próprio nome diz, proporciona perfume aos tecidos. Muito utilizada em roupas de cama, almofadas, cortinas, tapetes, toalhas. Esta modalidade normalmente é utilizada em conjunto com algum difusor de varetas ou home spray, quando a intenção é deixar a fragrância bem marcada no ambiente.

mels brushes casacor são paulo 2019
Lounge dos Aromas – Sharon Fliter. CASACOR São Paulo 2019. O forro de gesso com sancas lineares, recebe a iluminação de LED, que oferece uma luz indireta difusa, enquanto spots direcionáveis nos trilhos industriais foram estrategicamente colocados para evidenciar os produtos da marca. Divulgação/CASACOR

3. Definir quais os objetivos desejados com a aromatização

 

Continua após a publicidade

Para quartos e ambientes para relaxar, é recomendável utilizar fragrâncias que trazem sensação de conforto e calma, como é o caso da Lavanda e do Bambu. Cozinhas e áreas gourmet normalmente são usadas fragrâncias mais cítricas, pois esse estilo costuma “camuflar” o cheiro de comida, como por exemplo o Chá Branco.

Salas costumam ser o ambiente que mais chama atenção, pois é o local onde normalmente os amigos e familiares são recebidos. Por isso, a indicação é por fragrâncias versáteis, que agradam facilmente, evitando os cheiros de gosto específico.

Alguns frutais costumam agradar facilmente como é o caso do Cereja e Avelã ou do Figo e Bergamota, florais amadeirados também costumam fazer sucesso nesse tipo de ambiente como o Cedro e Magnólia.

Em banheiros e lavabos indica-se ter sempre à mão sobre a bancada um sabonete líquido super cheiroso na mesma fragrância do difusor de varetas. Sugestão de sabonete líquido e difusor de aromas Alecrim Supreme.

la vie em fleur casa de aromas casacor florianopolis 2019
La Vie em Fleur – Cris Araújo e Linda Martins. CASACOR Santa Catarina 2019. O mobiliário é totalmente autoral e desenhado pelo escritório, assim como a delicada luminária central com superfície de quase 30 metros quadrados. Lio Simas/CASACOR

4. Prestar atenção ao clima ou estação do ano

 

Continua após a publicidade

Como o Brasil é bastante extenso, percebe-se nitidamente as diferenças de fragrâncias escolhidas pelas cidades em regiões quentes com relação às do sul ou da serra.

Cidades quentes costumam consumir fragrâncias que trazem frescor, leveza, como os cítricos Capim Limão. Enquanto que moradores de cidades mais frias procuram por fragrâncias mais encorpadas, especiarias, amadeiradas, que tornam o ambiente mais “quente” como a Whisky.

5. Acomodação olfativa

 

Continua após a publicidade

Quem nunca se deixou iludir pela acomodação olfativa? Várias vezes pensamos que nossa casa já não está mais tão cheirosa, mesmo usando o aromatizador de sempre. Isso acontece não apenas com fragrâncias para casa, mas também com perfume de uso pessoal, pois o olfato se “acostuma” com o aroma.

Por isso, não se iluda borrifando mais e mais home spray, pois o efeito pode ser insuportável para alguém que não esteja acostumado. Acredite, ela continua sim tão cheirosa quanto antes.

Continua após a publicidade
Publicidade