Pedreiras abandonadas na China são revitalizadas e atraem visitantes

Com o objetivo de formar espaços culturais e sociais, o escritório DNA Design e Arquitetura deu vida nova para a região de Jinyun, na China

Por Redação Atualizado em 18 mar 2022, 09h24 - Publicado em 18 mar 2022, 15h00
pedreiras revitalizadas; china; sustentabilidade; arquitetura
Divulgação/CASACOR

O escritório DNA Design e Arquitetura deu vida a nove (de mais de 3.000) pedreiras abandonadas, espalhadas na paisagem montanhosa do condado de Jinyun, na China. 

pedreiras revitalizadas; china; sustentabilidade; arquitetura
Divulgação/CASACOR

Com o objetivo de formar espaços de encontro que pudessem acomodar atividades culturais e sociais, o espaço sediará a exposição “Jinyun Quarries – the quarry as stage”. 

Uma série de maquetes, fotos, plantas e filmes irão animar as estruturas esculpidas nas rochas e proporcionar aos visitantes experiências espaciais únicas acompanhadas da dramática iluminação natural e acústica.

pedreiras revitalizadas; china; sustentabilidade; arquitetura
Divulgação/CASACOR

Através destas instalações, procuraram criar novas perspectivas econômicas para a população rural, respeitando o contexto envolvente com uma história que remonta a mais de mil anos.

Continua após a publicidade

pedreiras revitalizadas; china; sustentabilidade; arquitetura
Divulgação/CASACOR

Alguns desses pontos têm até 38 metros de altura, criando uma boa acústica que pode acomodar com sucesso apresentações de ópera ou servir como espaços para apresentações. 

Subindo a escada, o visitante pode encontrar outra estação e apreciar um pôr do sol espreitando por um buraco entre as rochas.

pedreiras revitalizadas; china; sustentabilidade; arquitetura
Divulgação/CASACOR

Móveis de madeira acompanham os espaços, convidando os visitantes a descansar, explorar e interagir.

pedreiras revitalizadas; china; sustentabilidade; arquitetura
Divulgação/CASACOR

Fonte: Designboom

Continua após a publicidade

Publicidade