CASACOR São Paulo 2017: boas práticas e sustentabilidade

O arquiteto Marcos Caracho revela os cuidados que teve com a estrutura tombada do Jockey Club de São Paulo, ao projetar o ambiente bar desta edição

Por Victor Lessa Atualizado em 31 jan 2019, 22h56 - Publicado em 26 abr 2017, 17h00

Você sabia? Que toda a arquitetura do Jockey Club de São Paulo é tombada pelo patrimônio histórico? Por isso, a cada edição, a CASACOR, através de ações sustentáveis, cerca-se de todos os cuidados necessários para não danificar a estrutura original das instalações.

Os profissionais recebem um briefing com instruções de boas práticas e seguem a risca as orientações para preservação do Jockey Club e seu entorno.

Veja, agora, os cuidados que o arquiteto Marcos Caracho tomou ao projetar o seu espaço para a CASACOR São Paulo.

A cargo do ambiente Bar este ano, Marcos Caracho, para evitar a perfuração dos pilares e danos ao revestimento original de pastilhas do lugar, optou por cobrir essas estruturas com tubos de aço e chapas de MDF. “Assim, criamos uma estrutura própria que facilita a instalação e posterior desmontagem, e pode receber furos sem danos”, explica o arquiteto.

Aqui, detalhe dos trilhos de metal presos a parede para sustentar a estrutura e não perfurar a coluna já existente Marcos Caracho/CASACOR

No piso, a estratégia foi parecida. “A preocupação foi com a integridade do revestimento existente no local, de mosaico português. Para não termos que interferir nele, utilizamos uma estrutura de vigotas de madeira apenas apoiadas no piso original, sem perfurações”, completa.

Detalhe da elevação criada por Caracho para não danificar o piso original Marcos Caracho/CASACOR

Além dos cuidados para não danificar a estrutura original, ações sustentáveis também marcam o espaço do arquiteto. “A organização e limpeza do canteiro, bem como o correto descarte de materiais fazem parte dessa preocupação. O assoalho do piso, por exemplo, é de madeira de reflorestamento com certificação, e todos os finalizadores que usamos, como vernizes e seladores, são à base d’água”, afirma Caracho.

SERVIÇO CASACOR SÃO PAULO 2017

QUANDO?

De 23 de maio a 23 de julho

Continua após a publicidade

Terça a domingo, das 12h às 21h

ONDE?

Jockey Club de São Paulo – Avenida Lineu de Paula Machado, nº 1075 – Cidade Jardim

Ingressos:

De terça a quinta-feira: ingresso inteiro: R$ 56 | meia entrada: R$ 28

Sexta, sábado, domingo e feriados: ingresso inteiro: R$ 70 | meia entrada: R$ 35

Passaporte único: R$ 165

Valet: R$ 35

Continua após a publicidade
Publicidade