Tendências da CASA COR Brasília 2015 que chegaram para ficar!

Em um balanço geral, uso de cobogós, cortina em tecido e uso de móveis nacionais foram marcantes nos espaços da mostra brasiliense

Por Redação Atualizado em 3 mar 2017, 16h04 - Publicado em 12 nov 2015, 18h31

Ao longo dos 40 dias da CASA COR Brasília 2015, os visitantes puderam prestigiar de lindas ideias de decoração e as novidades do design mundial. A mostra é um estande onde os profissionais podem expor, de forma personalizada, os seus projetos e apresentar ao público as tendências de décor. 

Projeto Bárbara Paiva_Casa Cor 2015_Foto Edgard César (2)

Um dos principais exemplos disso foi o uso de cobogós. Em varandas e até mesmo em espaços internos, esse foi um elemento que surpreendeu com releituras diferenciadas e aplicações nada usuais. Bárbara Paiva, que assinou o Studio do Jornalista, fez questão de peças de cobogó em meio ao living de recepção do seu espaço.

Projeto Larissa Dias_Casa Cor 2015_Foto Clausem Bonifácio (5)

Já no ambiente de Larissa Dias, o Refúgio do Design Brasileiro, os cobogós chamaram atenção não só por sua forma diferenciada, mas também por estarem dentro de casa e no mesmo espaço em composição com piso sustentável feito de bambu, que além de substituir as madeiras convencionais, tem uma beleza jovial e aconchegante.

Projeto André Alf Casa Cor 2015_Foto Divulgação (3)

O ambiente Sob o Olhar do Outro, do escritório André Alf, explorou de forma muito original o cobogó, que está na varanda, e vem um formato totalmente renovado.

Projeto Letícia Hammerschmidt_Foto_Haruo Mikami (2)

Outra tendência foi a utilização de cortinas em tecido. As peças, muito usadas até mesmo em conjunto com persianas, ganharam espaços em quartos como o assinado por Letícia Hammerschmidt. De acordo com a arquiteta, essa é uma escolha que vai levar conforto visual e físico para projetos, além da funcionalidade necessária de um elemento indispensável.

FAMILY ROOM - Miguel Gustavo - crédito Jomar Bragança

O recurso também foi explorado por Miguel Gustavo, que usou peças da Artline para compor o décor do Family Room.

Projeto Silvana Andrade_Casa Cor 2015_ Foto Gilberto Cardoso (2)

O design nacional foi explorado por vários profissionais da mostra, que teve como tema a brasilidade. Silvana Andrade, levou para o seu ambiente peças de destaque no mobiliário nacional, todas do acervo da Arquivo Contemporâneo. Além de chaise assinada por Oscar Niemeyer, a arquiteta também faz uso em seu espaço de uma poltrona assinada por Ricardo Fasanello. 

Projeto Gabriela De Rossi_Casa Cor 2015_ Foto Haruo Mikami (2)

Entre outras relevantes tendências, está o estilo industrial, usado por Gabriela De Rossi no Lavabo Público.

Projeto Circe Milano e Cilda Oliveira_Casa Cor 2015_Foto Ariel Costa (14)

E ainda há também a novidade em uso de tecidos para a decoração interna de ambientes, proposta da dupla Circe Milano e Cilda Oliveira, autoras do Refúgio da Villa.

Continua após a publicidade
Publicidade