O foco da nova manufatura apresentado pela mostra Belgian Matters

A mostra que envolveu 13 designers belgas e rolou durante o Fuori Salone 2016 vem para mostrar o processo de aprendizagem recíproca e o foco na nova manufatura

Por Marcia Carini Atualizado em 3 mar 2017, 16h07 - Publicado em 28 abr 2016, 15h43

Sou entusiasta do design belga. Acho que eles valorizam seus designers, acho que eles se preocupam com as novas tecnologias e, neste ano, eles mostraram que estão ainda mais afinados com o tempo. Dentro do conceito que estamos chamando de Nova Dramaturgia do Design (assista ao talk que rolou a convite da ABD nesta semana), eles convidaram 13 designers que trabalharam de forma colaborativa com empresas – não necessariamente do segmento de design. O processo de aprendizagem recíproca, o foco na nova manufatura e a ênfase na realização podem ser observada nas peças feitas para a mostra Belgian Matters, apresentada na Belgium is Design, no Palazzo Litta, durante o Fuori Salone 2016.

Publicidade